O que faz um Professor de Língua Espanhola

Profissionais exercendo a profissão de Professor de Língua Espanhola ministram aulas, cursos e seminários e realizam pesquisas, nas áreas de linguística e literatura, orientam alunos, realizam atividades pedagógico-administrativas, de avaliação e de qualificação profissional, organizam a produção do conhecimento na área, divulgam conhecimentos científicos, prestam assessoria e consultoria.

Algumas das principais funções da profissão

  • Demonstrar capacidade de transmitir conhecimentos científicos, com clareza;
  • Demonstrar domínio instrumental de língua estrangeira;
  • Atualizar-se na carreira acadêmica;
  • Dominar os fundamentos histórico-teórico-metodológicos da área;
  • Relacionar teoria e prática;
  • Trabalhar em equipe;
  • Demonstrar capacidade de liderança;
  • Estimular senso crítico dos alunos;
  • Demonstrar capacidade de análise e síntese;
  • Articular conhecimento de diferentes áreas;
  • Demonstrar capacidade de reflexão;
  • Analisar a interrelação entre formas verbais e não-verbais de linguagem;
  • Relacionar conhecimentos específicos da área a questões socioculturais;
  • Demonstrar capacidade de interagir com os alunos;
  • Proceder com ética nas relações interpessoais e profissionais;

Onde o Professor de Língua Espanhola pode trabalhar

Professores nas áreas de língua e literatura do ensino superior os cargos dessa família CBO exercem suas funções em instituições e estabelecimentos cujas atividades estão relacionadas a ensino, cultura e pesquisa e desenvolvimento. Geralmente, são contratados na condição de trabalhadores assalariados, com carteira assinada, atuam de forma individual, em duplas e em equipes de trabalho, desenvolvem as atividades com supervisão ocasional, em ambientes fechados, geralmente no período diurno, o exercicio do trabalho pode ocorrer de forma presencial e em sistema de ensino a distância. Os profissionais de algumas das ocupações podem estar sujeitos à estresse e podem estar expostos à ação de ruído intenso.

Como trabalhar de Professor de Língua Espanhola

Essas ocupações são exercidas por pessoas com formação superior na área de letras, geralmente pós-graduadas. Para o exercício pleno das funções não se requer experiência profissional, exceto para as ocupações de professores de filologia e crítica textual e professores de literatura comparada. A admissão ao exercício profissional em universidades públicas é por consurso.

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Professor de Língua Espanhola é a formação em Letras para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Professor de Língua Espanhola

O Professor de Língua Espanhola tem um salário inicial de R$ 1.278,19 podendo chegar a R$ 13.614,92 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 2.313,17 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 5.252,28 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Professor de Língua Espanhola).

Qual a jornada de trabalho do Professor de Língua Espanhola

O Professor de Língua Espanhola trabalha em média 26 horas por semana (130 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.