O que faz um Gerente Nacional de Compras

Profissionais exercendo a profissão de Gerente Nacional de Compras gerenciam equipes de trabalhadores que atuam em processos de compra, armazenagem e movimentação de matérias-primas, materiais indiretos, equipamentos, insumos e serviços em empresas industriais, comerciais e de serviços.

Algumas das principais funções da profissão

  • Celebrar contratos;
  • Identificar novos fornecedores em revistas, internet e guias;
  • Contratar despachante;
  • Reportar-se a diretores;
  • Levantar informações financeiras dos fornecedores;
  • Demonstrar capacidade de convencimento;
  • Revelar eficiência;
  • Demonstrar sensatez;
  • Adequar prazos de entrega às necessidades do cliente interno;
  • Solicitar contratação de seguro e câmbio;
  • Aprovar pedidos de compras;
  • Acompanhar os indicadores de eficiência do departamento;
  • Identificar novos fornecedores;
  • Comunicar-se via telefone, fax e celular;
  • Cotar preços para compras especiais;
  • Analisar custos incidentes na compra;
  • Elaborar relatórios;
  • Controlar orçamento de compras por centros de custos;
  • Expressar-se em outros idiomas;
  • Subsidiar com informações o desenvolvimento de novos produtos da empresa;
  • Verificar alternativas de aquisições de materiais no mercado externo;
  • Demonstrar capacidade de inovação;
  • Demonstrar flexibilidade;
  • Controlar alteração de preços;
  • Participar de reuniões;
  • Negociar preços com fornecedores;
  • Comunicar-se via correio eletrônico (e-mail);
  • Calcular preço final da importação;
  • Negociar formas de pagamento com fornecedores;
  • Visitar fornecedores;
  • Desqualificar fornecedor;
  • Equalizar preços ofertados;
  • Estabelecer critérios de atualização do cadastro de fornecedores;
  • Determinar condições de embarque dos materiais;
  • Demonstrar raciocínio lógico;
  • Demonstrar responsabilidade;
  • Dominar o sistema produtivo da empresa;
  • Avaliar desempenho do fornecedor;
  • Analisar cotações;
  • Supervisionar trabalho do despachante;
  • Priorizar compras de emergência;
  • Fixar prazos e quantidades mínimas para compras;
  • Analisar necessidades de compras do cliente interno;
  • Avaliar processo produtivo do fornecedor;
  • Demonstrar criatividade;
  • Liderar reuniões;
  • Contratar serviços de terceiros;
  • Qualificar novos fornecedores;
  • Realizar parcerias com fornecedores;
  • Pesquisar informações cadastrais de fornecedores;
  • Negociar garantia de funcionamento e assistência técnica;
  • Identificar novos fornecedores em feiras e congressos;
  • Manter-se atualizado;
  • Redigir comunicados e normas;
  • Demonstrar habilidade para negociar;
  • Acionar companhia de seguros em caso de sinistro;
  • Monitorar preços de mercado;
  • Comunicar-se com fornecedores;
  • Relacionar-se com os departamentos da empresa;
  • Controlar contratos;
  • Definir meio de transporte e rota;
  • Demonstrar liderança;
  • Demonstrar capacidade de trabalhar sob pressão;
  • Verificar linhas de financiamento;
  • Identificar novos produtos;
  • Acompanhar embarque e desembarque dos materiais;
  • Desenvolver capacidade de observação;
  • Demonstrar objetividade;
  • Demonstrar clareza na comunicação oral e escrita;
  • Definir forma de pagamento;

Onde o Gerente Nacional de Compras pode trabalhar

Gerentes de suprimentos os profissionais da família podem ser encontrados, principalmente, em empresas e instituições de grande porte, englobando sob suas responsabilidades as áreas de compras, almoxarifado e logística. Seu trabalho pode se desenvolver nas mais diversas atividades econômicas e é desejável que demonstrem habilidade de negociação, os trabalhadores podem estar sujeitos à fadiga e stresse, fruto do trabalho sob pressão. O vínculo de trabalho mais comum é como empregado com carteira.

Como trabalhar de Gerente Nacional de Compras

O acesso às ocupações gerenciais nesta área pode se dar por ascensão de carreira de pessoal de compras da empresa, com ou sem escolaridade de nível superior. Para preenchimento de vagas com profissionais externos, normalmente, procura-se recrutar profissionais com nível superior completo e cinco anos de experiência mínima anterior na função.

Quanto ganha um Gerente Nacional de Compras

O Gerente Nacional de Compras tem um salário inicial de R$ 1.727,89 podendo chegar a R$ 12.504,60 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 3.487,18 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 5.421,28 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Gerente Nacional de Compras).

Qual a jornada de trabalho do Gerente Nacional de Compras

O Gerente Nacional de Compras trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: