O que faz um Analista de Negócios (A)

Profissionais exercendo a profissão de Analista de Negócios (A) elaboram planos estratégicos das áreas de comercialização, marketing e comunicação para empresas agroindustriais, industriais, de comercialização e serviços em geral, implementam atividades e coordenam sua execução, assessoram a diretoria e setores da empresa. Na área de atuação, gerenciam recursos humanos, administram recursos materiais e financeiros e promovem condições de segurança, saúde, preservação ambiental e qualidade. Atuam no processo de decisão politica, participam da formulação de políticas públicas, elaboram e estabelecem estratégias de relações governamentais, analisam os riscos regulatórios ou normativos e defendem os interesses dos representados.

Algumas das principais funções da profissão

  • Liderar pessoas;
  • Pensar estrategicamente;
  • Acompanhar questões públicas (leis, decretos, opinião pública);
  • Planejar racionalização do uso de recursos;
  • Elaborar relatórios;
  • Acompanhar atuação da concorrência;
  • Identificar necessidade de recursos;
  • Encaminhar solicitações aos responsáveis;
  • Analisar contexto;
  • Saber ouvir;
  • Redigir comunicados, requisitos, normas e/ou procedimentos;
  • Analisar fatores econômico-financeiros;
  • Mediar conflitos;
  • Dar suporte na elaboração do plano estratégico da organização;
  • Realizar escuta ativa;
  • Monitorar participação da empresa e de produtos no mercado;
  • Subsidiar desenvolvimento e/ou melhorias de processos;
  • Demonstrar capacidade de negociação;
  • Revisar planos;
  • Estabelecer políticas e procedimentos de comunicação;
  • Tomar decisões;
  • Detectar necessidades de capacitação profissional;
  • Demonstrar visão sistêmica;
  • Pesquisar comportamentos, opiniões e hábitos;
  • Analisar tendências do mercado;
  • Trabalhar em equipe;
  • Analisar demanda do cliente;
  • Demonstrar capacidade de síntese;
  • Realizar estudo de viabilidade;
  • Monitorar relacionamento com clientes internos e externos;
  • Demonstrar flexibilidade;
  • Demonstrar capacidade de abstração;
  • Demonstrar habilidades comunicativas;
  • Avaliar alternativas de soluções;
  • Pesquisar mercado;
  • Atender a auditoria interna e externa;
  • Detectar expectativas e necessidades;
  • Subsidiar desenvolvimento de novos produtos;
  • Negociar com clientes;
  • Relacionar-se com a mídia, órgãos governamentais, entidades de classe e associações, entre outros;
  • Demonstrar capacidade de organização;
  • Negociar condições e prioridades de projetos;
  • Demonstrar capacidade de relacionamento interpessoal;
  • Demonstrar capacidade de raciocínio analítico;
  • Agir com empatia;
  • Administrar conflitos entre partes;
  • Estabelecer metas e indicadores de desempenho;
  • Monitorar metas e indicadores de desempenho;
  • Estabelecer diálogo;
  • Realizar eventos (feiras, convenções, congressos, seminários);
  • Elaborar recomendações de ações e soluções;
  • Demonstrar criatividade;
  • Negociar com partes interessadas;
  • Gerir nível de satisfação do cliente;

Onde o Analista de Negócios (A) pode trabalhar

Gerentes de comercialização, marketing e comunicação os cargos dessa família CBO exercem suas atividades na condição de trabalhadores assalariados com carteira assinada. Atuam em equipes de trabalho sob supervisão ocasional, desenvolvem o trabalho em ambientes fechados, em períodos diurnos. Podem atuar sob pressão, levando-os à situação de estresse.

Como trabalhar de Analista de Negócios (A)

Essas ocupações são exercidas por profissionais com escolaridade de nível superior, do ensino regular ou cursos superiores de tecnologia (tecnólogos). O tempo requerido para o exercício pleno das funções é de quatro a cinco anos de experiência profissional.

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Analista de Negócios (A) é a formação em Administração, Ciências da Computação e/ou Sistemas de Informação para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Analista de Negócios (A)

O Analista de Negócios (A) tem um salário inicial de R$ 1.933,83 podendo chegar a R$ 7.927,10 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 3.346,43 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 4.039,63 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Analista de Negócios (A)).

Qual a jornada de trabalho do Analista de Negócios (A)

O Analista de Negócios (A) trabalha em média 42 horas por semana (210 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.