O que faz um Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais

Profissionais exercendo a profissão de Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais propagam e definem espécies, variedades e local de produção de flores e plantas ornamentais, realizam manejo, trato cultural e tratamentos fitossanitários da produção, preparam solo e substratos para plantio, colhem, supervisionam o trabalho de colheita e armazenagem, implantam infra-estrutura e comercializam a produção. Podem administrar recursos financeiros e pessoal empregado.

Algumas das principais funções da profissão

  • Propagar mudas por mergulhia;
  • Propagar mudas por meristema;
  • Regular equipamentos de aplicação de defensivos agrícolas;
  • Demonstrar sociabilidade;
  • Alterar quantidade e variedade produzidas em função da demanda do mercado;
  • Propagar mudas por sementes;
  • Pesquisar quantidade, qualidade e picos de demanda;
  • Verificar documentação da área para aquisição e arrendamento;
  • Desinfetar vasilhames e utensílios;
  • Desinfetar solo e substratos;
  • Inspecionar uso de equipamentos de proteção individual (epi) pelos empregados;
  • Supervisionar exposição de produtos em pontos de venda;
  • Acondicionar produção para transporte;
  • Propagar mudas por divisão de touceiras;
  • Demonstrar disponibilidade;
  • Demonstrar credibilidade;
  • Encanteirar solo;
  • Embalar produtos colhidos;
  • Instalar quebra-vento artificial;
  • Controlar temperatura nas estufas;
  • Adubar solos com compostos orgânicos e químicos segundo desenvolvimento vegetativo das plantas;
  • Introduzir organismos biológicos predadores de pragas e doenças;
  • Coletar amostras de solo para análise;
  • Orientar construção de cemitério para destinação de embalagens de defensivos agrícolas utilizados;
  • Definir estrutura de plantio;
  • Estudar impactos ambientais potenciais da produção;
  • Contratar empregados;
  • Demonstrar negociação;
  • Identificar pragas e doenças na plantação;
  • Construir curvas de nível para prevenção de erosão;
  • Efetuar cobranças e pagamentos;
  • Estimar custo de produção;
  • Proteger solo com cobertura morta;
  • Demitir empregados;
  • Subsolar solo;
  • Planejar alocação de recursos financeiros;
  • Realizar rotação de culturas;
  • Instruir trabalhadores para tríplice lavagem de embalagens de defensivos agrícolas;
  • Estipular gratificações por produtividade para funcionários;
  • Controlar pragas e doenças através de métodos físicos;
  • Supervisionar aplicação de defensivos agrícolas;
  • Verificar condições de acesso e distância entre local de produção e pontos de distribuição;
  • Estudar condições topográficas, climáticas e de solo;
  • Captar recursos financeiros;
  • Orientar construção de infraestrutura;
  • Demonstrar capacidade de expressão verbal;
  • Gradear solo;
  • Fornecer orientações técnicas ao consumidor;
  • Demonstrar liderança;
  • Demonstrar senso de responsabilidade;
  • Divulgar produtos;
  • Determinar horário do dia para colheita;
  • Demonstrar intuição;
  • Verificar disponibilidade de mão-de-obra no local de produção;
  • Controlar frequência e horário de trabalho dos empregados;
  • Desbrotar plantas;
  • Plantar quebra-vento natural;
  • Verificar condições de telefonia para empreendimento;
  • Contratar serviços técnicos para montagem de infraestrutura;
  • Treinar empregados;
  • Comprar veículos, equipamentos e implementos agrícolas;
  • Armazenar produção;
  • Controlar umidade de solo e ar;
  • Pesquisar mercados e clientes para distribuição da produção;
  • Demonstrar presteza;
  • Propagar mudas por alporquia;
  • Instruir trabalhadores quanto ao descarte de embalagens de defensivos agrícolas;
  • Verificar existência de associações de produtores e assistência tecnológica especializada na região;
  • Avaliar condições de disponibilidade e qualidade da água;
  • Propagar mudas por enxertia;
  • Irrigar plantação;
  • Controlar ventilação de áreas plantadas;
  • Demonstrar criatividade;
  • Podar plantas;
  • Adquirir mudas, sementes, bulbos, rizomas e estacas;
  • Instruir sobre preparação e aplicação de defensivos agrícolas para controle de pragas e doenças;
  • Controlar luminosidade de áreas plantadas;
  • Supervisionar montagem de infraestrutura;
  • Limpar folhas velhas de plantas;
  • Corrigir solo e substratos nos componentes químicos, orgânicos e físicos;
  • Pesquisar preço praticado pelo mercado;
  • Selecionar espécies para cultivo segundo critérios de produção e de mercado;
  • Pesquisar dia e horário de entrega da produção;
  • Estabelecer parcerias na produção;
  • Determinar empregado para cada atividade segundo suas habilidades;
  • Controlar fluxo de caixa;
  • Supervisionar entrega de produtos;
  • Arar solo;
  • Verificar demanda, oferta e qualidade de energia elétrica para empreendimento;
  • Classificar plantas colhidas ou envasadas;
  • Separar plantas conforme estágio produtivo;
  • Preparar equipamentos para colheita (tesoura, luvas, vasilhas, baldes com água);
  • Eliminar ervas daninhas;
  • Isolar áreas no período de carência de defensivos;
  • Determinar ponto de colheita da produção;
  • Realizar plantio;
  • Demonstrar capacidade de compreensão oral;
  • Avaliar produtividade de empregados;

Onde o Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais pode trabalhar

Produtores agrícolas no cultivo de flores e plantas ornamentais o trabalho é exercido por proprietários da terra e seus familiares, auxiliados por eventuais trabalhadores, organizam-se de forma autônoma, em cooperativas e em associações. São produtores de pequeno, médio e grande portes, das mais variadas faixas etárias, incluindo várias gerações de uma mesma família. O trabalho é realizado a céu aberto e em ambientes fechados, em horários variados, exposto a variações climáticas e a produtos tóxicos.

Como trabalhar de Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais

O acesso ao trabalho é livre e exercido por pessoas de diferentes níveis de escolaridade. O aprendizado da profissão geralmente ocorre por transferência de conhecimentos e habilidades, entre os membros da própria família.

Quanto ganha um Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais

O Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais tem um salário inicial de R$ 1.178,63 podendo chegar a R$ 1.479,25 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.237,15 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.184,25 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais).

Qual a jornada de trabalho do Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais

O Viveirista de Flores e Plantas Ornamentais trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.