O que faz um Trabalhador na Cultura de Soja

Profissionais exercendo a profissão de Trabalhador na Cultura de Soja plantam e tratam culturas oleaginosas como amendoim, coco-da-baía, dendê, mamona, soja, girassol e linho. Produzem mudas e sementes, colhem os frutos, preparam o solo, beneficiam e armazenam a colheita.

Algumas das principais funções da profissão

  • Pulverizar lavoura;
  • Coletar amostras de solo;
  • Gradear solo;
  • Retirar amostras de sementes;
  • Operar trator agrícola;
  • Regular colheitadeira;
  • Informar grau de secagem ao operador de secador;
  • Corrigir solo;
  • Trabalhar em equipe;
  • Medir espaço para plantio;
  • Medir grau de umidade da colheita;
  • Manifestar agilidade motora;
  • Operar colheitadeira;
  • Manifestar iniciativa;
  • Misturar defensivos agrícolas;
  • Contar quantidade de sementes;
  • Monitorar desenvolvimento da cultura;
  • Capinar área de plantio;
  • Demonstrar resistência física;
  • Abastecer plantadeira;
  • Imunizar sementes;
  • Distribuir sementes;
  • Regular plantadeira;
  • Debulhar cachopa de linho e vagem de soja, canola e amendoim;
  • Nivelar solo;
  • Manifestar sensibilidade com plantas;
  • Classificar sementes;
  • Subsolar área de plantio;
  • Ensacar colheita;
  • Transportar colheita;
  • Adubar solo;
  • Retirar impurezas (palha, terra, sementes de ervas daninhas etc);
  • Posicionar iscas para controle de insetos;
  • Pesar colheita;

Onde o Trabalhador na Cultura de Soja pode trabalhar

Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas oleaginosas trabalham na atividade agrícola, organizados em grupos de trabalhadores, sob supervisão ocasional, em ambiente a céu aberto, durante o dia e sujeitos à exposição de materiais tóxicos.

Como trabalhar de Trabalhador na Cultura de Soja

O exercício dessas ocupações requer escolaridade até quarta série do ensino fundamental. A qualificação para essas ocupações é obtida tacitamente no exercício do trabalho. O desempenho pleno das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência.

Quanto ganha um Trabalhador na Cultura de Soja

O Trabalhador na Cultura de Soja tem um salário inicial de R$ 1.205,59 podendo chegar a R$ 2.231,83 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.553,90 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.522,49 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Trabalhador na Cultura de Soja).

Qual a jornada de trabalho do Trabalhador na Cultura de Soja

O Trabalhador na Cultura de Soja trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.