O que faz um Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial

Profissionais exercendo a profissão de Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial gerenciam as atividades de segurança em geral. Elaboram planos e políticas de segurança. Realizam análises de riscos, adotam medidas preventivas e corretivas para proteger vidas, o patrimônio e restaurar as atividades normais de empresas. Administram equipes, coordenam serviços de inteligência empresarial e prestam consultoria e assessoria.

Algumas das principais funções da profissão

  • Solicitar demissão de funcionário;
  • Elaborar política de segurança;
  • Elaborar plano tático;
  • Demonstrar proatividade;
  • Remanejar funcionários;
  • Demonstrar capacidade de manter sigilo;
  • Elaborar planilhas de custos;
  • Simular cenários;
  • Demonstrar capacidade de persuasão;
  • Receber informações;
  • Elaborar programa de treinamento e qualificação;
  • Interagir com demais áreas da empresa e órgãos externos;
  • Demonstrar perspicácia;
  • Providenciar documentação legal de funcionário (vigilante);
  • Conduzir sindicância interna;
  • Identificar ameaças;
  • Elaborar planos de contingência e/ou emergência;
  • Gerenciar atividades de segurança eletrônica;
  • Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe;
  • Gerenciar atividades de segurança pessoal;
  • Participar da integração de funcionários;
  • Elaborar projetos de segurança;
  • Identificar ativos a serem protegidos (tangíveis e intangíveis);
  • Propor desenvolvimento e/ou melhorias de produtos de segurança;
  • Levantar informações para contratação de funcionário;
  • Elaborar normas e procedimentos;
  • Elaborar orçamento;
  • Identificar vulnerabilidades;
  • Monitorar comportamento;
  • Propor ações para mitigação de riscos;
  • Difundir informações;
  • Definir perfil profissional;
  • Zelar pelo cumprimento das normas legais de segurança;
  • Demonstrar capacidade de observação;
  • Analisar informações;
  • Selecionar fornecedores;
  • Emitir parecer de segurança;
  • Controlar orçamento;
  • Auditorar plano e/ou projeto de segurança;
  • Selecionar receptores das informações;
  • Definir equipamentos de segurança;
  • Selecionar informações;
  • Demonstrar liderança;
  • Entrevistar candidatos;
  • Identificar riscos;
  • Aprovar compras de equipamentos e serviços de segurança;
  • Fiscalizar documentação legal de funcionário (vigilante);
  • Elaborar plano de continuidade de negócio;
  • Negociar contrato;
  • Conferir materiais e serviços solicitados;
  • Propor ações preventivas e corretivas;
  • Elaborar escala de trabalho;
  • Demonstrar visão estratégica;
  • Demonstrar equilíbrio emocional;
  • Demonstrar capacidade de negociação;
  • Elaborar planejamento estratégico;
  • Gerenciar atividades de escolta armada;
  • Analisar trajeto;
  • Gerenciar atividades de segurança patrimonial;
  • Acompanhar implementação do plano ou projeto de segurança;
  • Participar de atividades de segurança da informação;
  • Identificar necessidades do cliente;
  • Solicitar contratação de funcionários e terceiros;
  • Demonstrar capacidade de administrar conflitos;
  • Ministrar treinamentos e cursos;
  • Classificar riscos;
  • Identificar probabilidade de sinistro;
  • Elaborar planos de gerenciamento de crise;
  • Demonstrar flexibilidade;
  • Identificar impactos;
  • Gerenciar atividades de transporte de valores;
  • Elaborar plano operacional;

Onde o Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial pode trabalhar

Profissionais da administração dos serviços de segurança os profissionais da segurança privada atuam em empresas privadas ou públicas, em atividades industriais, comerciais e de serviços em geral. Podem trabalhar com carteira assinada ou conta própria/autônomo. Trabalham em equipe, com supervisão ocasional, em ambiente fechado e horários irregulares. O trabalho pode ser exercido de forma presencial ou à distância.

Como trabalhar de Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial

Para o pleno exercício da função é necessário graduação tecnológica em segurança privada ou curso superior, em outra área mais curso de especialização em segurança. Experiência profissional de menos de um ano.

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial é a formação em Gestão de Segurança Privada para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial

O Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial tem um salário inicial de R$ 2.227,62 podendo chegar a R$ 12.521,27 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 4.273,12 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 5.820,40 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial).

Qual a jornada de trabalho do Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial

O Tecnólogo em Gestão de Segurança Empresarial trabalha em média 42 horas por semana (210 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.