O que faz um Técnico Moveleiro

Profissionais exercendo a profissão de Técnico Moveleiro definem projetos e constroem móveis e esquadrias, selecionam materiais, insumos e acessórios, preparam, regulam e acompanham manutenção de máquinas, equipamentos e ferramentas, monitoram o processo de produção, dominam técnicas e tecnologia de máquinas e equipamentos de produção, inclusive cad/cam, cnc e cim, efetuam atividades de medição e controle, utilizando conhecimentos sobre materiais diversos, utilizados nas diferentes etapas do processo produtivo (corte, usinagem, montagem, tratamento de superfícies e acabamento), implementam melhorias no processo e prestam assistência técnica.

Algumas das principais funções da profissão

  • Trabalhar em equipe;
  • Aceitar mudanças;
  • Identificar defeitos do produto;
  • Distinguir falhas no processo;
  • Requerer capacitação de pessoal;
  • Definir etapas para produção de móveis;
  • Trocar peças ou acessórios;
  • Elaborar programas para máquinas cnc;
  • Medir umidade da madeira;
  • Medir brilho, aderência e dureza de tintas, seladores e vernizes;
  • Demonstrar imagem positiva;
  • Agir com ética profissional;
  • Confeccionar componentes de móveis e esquadrias;
  • Medir viscosidade, gramatura e densidade de tintas, vernizes e adesivos;
  • Ajustar gabaritos e moldes;
  • Inspecionar qualidade do produto;
  • Planejar fases do desenvolvimento do projeto;
  • Solicitar a substituição do produto;
  • Inspecionar armazenagem de materiais e insumos;
  • Aplicar ferramentas da qualidade;
  • Solicitar manutenção de máquinas, equipamentos e ferramentas;
  • Desenvolver embalagens para móveis;
  • Elaborar desenhos de móveis para produção;
  • Controlar processo de secagem da madeira;
  • Acompanhar manutenção de máquinas, equipamentos e ferramentas;
  • Identificar novas tecnologias e métodos de produção;
  • Realizar visitas técnicas;
  • Inspecionar embalagens, materiais e produtos;
  • Estimar custos do produto;
  • Demonstrar senso de avaliação;
  • Aplicar testes de resistência no produto;
  • Avaliar relação custo/benefício de materiais, acessórios e insumos;
  • Elaborar croquis de móveis;
  • Listar materiais e acessórios para montagem de móveis;
  • Monitorar transporte e armazenamento do produto acabado;
  • Ajustar peças ou acessórios;
  • Atualizar-se na profissão;
  • Acompanhar execução das etapas de produção;
  • Dar suporte técnico ao cliente;
  • Atuar com iniciativa;
  • Comunicar-se de forma clara e objetiva;
  • Sugerir aquisição de equipamentos;
  • Definir materiais e acessórios;
  • Desenhar esquema para montagem de móveis;
  • Montar móveis e esquadrias;
  • Executar acabamento de superfícies;
  • Supervisionar construção de protótipos;
  • Realizar ensaios com tintas, vernizes, seladores e adesivos;
  • Avaliar qualidade de materiais, acessórios e insumos;
  • Controlar dimensões de móveis;
  • Trabalhar em conformidade com as normas de segurança;
  • Fixar acessórios;
  • Preencher fichas de controle;
  • Propor melhorias no produto;
  • Resolver problemas técnicos;
  • Analisar ordem de produção;
  • Testar novas tecnologias e materiais;
  • Participar de discussões técnicas;
  • Pesquisar novas tecnologias e materiais;
  • Participar do processo de treinamento de pessoal;
  • Interpretar laudos de análises químicas e físicas de materiais e produtos acabados;
  • Efetuar cálculos técnicos;
  • Adequar projeto a linha de produção;
  • Tomar decisões;
  • Interpretar desenhos;
  • Regular máquinas, equipamentos e ferramentas;
  • Trabalhar de forma organizada;
  • Analisar tendências e necessidades do mercado;
  • Demonstrar liderança;
  • Avaliar desenvolvimento da produção;
  • Redigir relatórios técnicos;
  • Operar máquinas e equipamentos;
  • Atuar com eficácia;
  • Preparar gabaritos e moldes;
  • Inspecionar montagens de móveis;
  • Empregar normas técnicas;
  • Adaptar leiaute;

Onde o Técnico Moveleiro pode trabalhar

Técnicos do mobiliário trabalham na fabricação móveis e esquadrias de madeira, na construção civil, em institutos e departamentos de pesquisa e desenvolvimento. São empregados com carteira assinada e se organizam em equipe, sob supervisão ocasional. Têm como local de trabalho ambientes fechados e horário diurno. Eventualmente, são expostos a materiais tóxicos, ruído intenso e pó.

Como trabalhar de Técnico Moveleiro

O ingresso nessa ocupação requer ensino técnico de nível médio em mobiliário, ou curso médio completo seguido de cursos de qualificação. O pleno desempenho das atividades ocorre após um ou dois anos de experiência. É desejável que a formação profissional inclua, além da tecnologia de produção convencional, componentes de história da arte e do mobiliário, noções de geometria, desenho técnico, informática aplicada a centros de usinagem computadorizados, cad e cim, prática no contexto da formação e estágio no contexto do trabalho.

Quanto ganha um Técnico Moveleiro

O Técnico Moveleiro tem um salário inicial de R$ 1.342,90 podendo chegar a R$ 2.750,46 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.700,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.757,27 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Técnico Moveleiro).

Qual a jornada de trabalho do Técnico Moveleiro

O Técnico Moveleiro trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: