O que faz um Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea)

Profissionais exercendo a profissão de Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea) preparam trama, urdimento, engomação e remeteção de fios e fabricam tecidos planos e de malha, operando urdideira, engomadeira e teares retilíneos e circulares. Patrulham (monitoram) máquinas e garantem a qualidade da produção, controlando cozimento da goma, temperatura, viscosidade e solidez da engomagem dos fios, corrigindo defeitos de operação das máquinas e identificando espulas e cones defeituosos. Prestam informações técnicas para garantir o fluxo do processo produtivo. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

Algumas das principais funções da profissão

  • Organizar local de trabalho;
  • Manifestar responsabilidade;
  • Trabalhar em equipe;
  • Verificar nível de goma;
  • Identificar condições inseguras da máquina;
  • Verificar superaquecimento da máquina;
  • Evidenciar resistência à monotonia;
  • Cumprir as normas internas de segurança;
  • Retirar embuchamento (embolamento) e enrolamento de fios nas máquinas;
  • Emendar fios;
  • Comunicar troca de artigos;
  • Comunicar término do rolo de urdume, para efetivação da troca e emenda;
  • Identificar espulas, cones defeituosos;
  • Verificar níveis de óleo para lubrificação de agulhas, platinas;
  • Produzir cones, bobinas, rocas;
  • Organizar ferramentas de trabalho;
  • Prestar informações, na troca de turno;
  • Limpar local de trabalho;
  • Passar fios de urdume (lamelas, liços, pente);
  • Informar condições inseguras de trabalho;
  • Agir com iniciativa;
  • Discriminar ruídos;
  • Dar provas de destreza manual;
  • Identificar defeitos no tecido;
  • Identificar defeitos de funcionamento das máquinas;
  • Identificar títulos (fios) de acordo com o código de cores;
  • Evidenciar flexibilidade;
  • Comunicar, ao setor de manutenção, sobre irregularidades mecânicas, elétricas e eletrônicas;
  • Corrigir defeitos de operação das máquinas;
  • Operar painéis de comando da máquina;
  • Demonstrar atenção concentrada;
  • Registrar motivo da parada da máquina;
  • Utilizar os equipamento de proteção individual (epi);
  • Discriminar cores;
  • Trocar agulhas, platinas;
  • Passar fios de trama (automáticos, pré-alimentadores, tensora, guia-fios, alimentadores);
  • Efetuar limpeza da máquina;
  • Identificar parada das máquinas, por meio de lâmpadas sinalizadoras;
  • Demonstrar introversão;

Onde o Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea) pode trabalhar

Operadores de tear e máquinas similares atuam na fabricação de produtos têxteis e de confecção de artigos do vestuário e acessórios. São empregados com carteira assinada, organizam-se em células de produção, com supervisão permanente, em ambiente fechado e em rodízio de turnos (diurno/noturno). Podem permanecer expostos a ruído intenso, altas temperaturas e poeira.

Como trabalhar de Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea)

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional com até duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre com menos de um ano de experiência profissional.

Quanto ganha um Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea)

O Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea) tem um salário inicial de R$ 1.237,65 podendo chegar a R$ 1.824,71 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.390,40 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.357,10 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea)).

Qual a jornada de trabalho do Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea)

O Tecelão de Malhas (Máquina Retilínea) trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.