O que faz um Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados

Profissionais exercendo a profissão de Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados realizam gestão de recursos humanos, selecionando, treinando e orientando diretamente uma equipe de trabalho de chão de fábrica, tanto da empresa quanto dos serviços sub-contratados. Supervisionam e administram metas de produção, controlam a qualidade dos produtos e asseguram a manutenção de máquinas e equipamentos. Adotam estratégias para facilitar a integração com clientes internos e externos. Administram custos. Coordenam ações para garantir higiene e segurança no trabalho, qualidade e preservação ambiental.

Algumas das principais funções da profissão

  • Evidenciar habilidade criativa;
  • Elaborar quadro de polivalência;
  • Facilitar atuação da comissão interna de prevenção de acidentes (cipa);
  • Realizar analises de custo/benefício;
  • Avaliar desempenho de resultados (dados estatísticos);
  • Gerenciar a execução do plano de produção estabelecido;
  • Organizar a rotatividade do uso das máquinas e equipamentos;
  • Demonstrar comprometimento com a missão da empresa;
  • Estimular iniciativa da equipe de trabalho;
  • Identificar pontos de gargalo (pontos críticos);
  • Assegurar o padrão de qualidade do produto;
  • Administrar fichas pessoais de acompanhamento;
  • Providenciar encaminhamento na ocorrência de acidentes;
  • Conscientizar colaboradores para uso de equipamentos de proteção individual (epi);
  • Propiciar o bem estar no ambiente de trabalho;
  • Dar provas de flexibilidade para mudanças no processo produtivo;
  • Verificar necessidades dos clientes (internos e externos);
  • Acompanhar gráficos de testes e ensaios de matéria-prima e produtos;
  • Administrar conflitos;
  • Demonstrar atenção para a questão ambiental;
  • Definir lay-out conforme produto;
  • Informar colaboradores sobre áreas de risco na empresa;
  • Planejar férias da equipe de trabalho;
  • Delegar tarefas;
  • Identificar tarefas a seram executadas;
  • Apresentar retorno a equipe sobre trabalho realizado;
  • Elaborar planilha de controle de custos;
  • Solucionar problemas em situação de emergência conforme normas e procedimentos;
  • Criar dispositivos de sinalização de pontos de gargalo;
  • Controlar a rotatividade da equipe de trabalho;
  • Providenciar sinalização das áreas de risco;
  • Avaliar planilhas de produção.;
  • Manifestar iniciativa;
  • Controlar o recebimento de matéria-prima;
  • Incentivar a prática de polivalência na empresa;
  • Apresentar novos métodos e processos a equipe de trabalho;
  • Evidenciar habilidades comunicativas;
  • Interpretar a legislação trabalhista;
  • Selecionar rh (recursos humanos) conforme complexidade do produto;
  • Monitorar condições de funcionamento de máquinas e equipamentos;
  • Cumprir planejamento conforme previsão de custos;
  • Propiciar a integração da equipe de trabalho;
  • Realizar controle visual da produção;
  • Oportunizar crescimento profissional dos colaboradores;
  • Analisar gráficos de testes e ensaios de matéria-prima e produtos;
  • Administrar cargos e salários;
  • Assegurar a organização e limpeza do setor;
  • Incentivar a valorização da marca do produto da empresa;
  • Demonstrar senso de autocrítica;
  • Providenciar dispositivos de segurança em máquinas e equipamentos;
  • Conduzir equipe para atingir objetivos pré-determinados;
  • Monitorar atendimento aos clientes (internos e externos);
  • Aplicar legislação trabalhista;
  • Motivar equipe de trabalho;
  • Coordenar todos os processos do setor;
  • Elaborar mostruário de peças padrão de cada setor;
  • Manter integração com todos os setores da produção;
  • Promover disseminação de informações sobre saúde e segurança;
  • Treinar mão-de-obra;
  • Dar provas de responsabilidade;
  • Organizar reuniões para informação profissional e social;
  • Manifestar postura ética e profissional;
  • Monitorar execução do plano de metas da produção;
  • Interagir com equipe de trabalho para melhorias de processos;
  • Valorizar o marketing pessoal;
  • Conservar bens patrimoniais da empresa;
  • Conhecer características pessoais de cada colaborador;
  • Analisar resultados do controle de qualidade;
  • Instruir equipe de trabalho para utilização de máquinas e equipamentos conforme especificações;
  • Realizar campanhas de redução de custos e desperdícios;
  • Promover cursos e palestras sobre qualidade;
  • Evidenciar liderança;
  • Assegurar a limpeza e higiene do ambiente de trabalho;
  • Seguir as normas e especificações de cada produto;
  • Identificar áreas de risco na empresa;
  • Participar de eventos relacionados ao setor;
  • Orientar a equipe de trabalho sobre normas e procedimentos da empresa;
  • Elaborar plano de polivalência;
  • Administrar alocação da equipe de trabalho;
  • Informar ao setor de recursos humanos aspectos de saúde e segurança;
  • Colaborar em processos de recrutamento e seleção de pessoal;
  • Orientar equipe para execução do trabalho;
  • Elaborar programa de manutenção de máquinas e equipamentos (preventiva/corretiva);
  • Liderar equipe de trabalho;
  • Pesquisar informações relacionadas ao setor;
  • Buscar melhorias contínuas no processo;
  • Controlar nível de absenteísmo;
  • Controlar nível de retrabalho;
  • Realizar atendimento específico conforme necessidade dos clientes;
  • Tomar decisões;
  • Buscar atualização tecnológica;
  • Elaborar plano de incentivos de alcance de metas de produção e qualidade;
  • Planejar execução das metas de produção;
  • Cumprir prazo de entrega da produção;
  • Acompanhar a realização de tarefas;

Onde o Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados pode trabalhar

Supervisores na confecção de calçados atuam na fabricação de calçados, artefatos de couro e artigos de viagem como empregados com carteira assinada. O trabalho é organizado em equipe (células de produção, linhas de montagem ou grupos compactos), com supervisão permanente, em ambiente fechado e em rodízio de turnos (diurno/noturno). Trabalham sob pressão, o que pode levar a situação de estresse, e em posições desconfortáveis durante longos períodos. Ficam expostos a materiais tóxicos, radiação, ruído intenso e altas temperaturas.

Como trabalhar de Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados

Para o exercício dessa ocupação requer-se ensino médio completo e curso básico de qualificação profissional com até duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre quatro e cinco anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados

O Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados tem um salário inicial de R$ 1.538,00 podendo chegar a R$ 3.900,09 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 2.300,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 2.353,62 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados).

Qual a jornada de trabalho do Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados

O Supervisor de Pré-frezado de Confecção de Calçados trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.