O que faz um Soprador de Vidro (material de Laboratório)

Profissionais exercendo a profissão de Soprador de Vidro (material de Laboratório) planejam atividades de sopro e moldes de vidros e cristais, dando forma ao vidro incandescente, soprando, modelando e moldando-o, manualmente ou operando equipamentos de vidraria, para fabricar peças artístico-artesanais, materiais de laboratório, utilitários domésticos, embalagens, dentre outros. Controlam a qualidade do produto e do processo de produção e trabalham segundo as normas de qualidade, segurança no trabalho, saúde ocupacional e preservação ambiental.

Algumas das principais funções da profissão

  • Conferir viscosidade do vidro;
  • Controlar cumprimento do plano de produção;
  • Interpretar ordens de serviços;
  • Analisar dimensões da peça;
  • Demonstrar dinamismo;
  • Requisitar matérias-primas;
  • Demonstrar acuidade visual;
  • Controlar peso do produto;
  • Selecionar moldes, equipamentos e ferramentas de trabalho;
  • Verificar condições de uso dos moldes, equipamentos, ferramentas e local de trabalho;
  • Utilizar equipamentos de proteção individual (epi);
  • Controlar cumprimento dos índices de produtividade;
  • Solicitar ações corretivas de não-conformidade do produto ou processo;
  • Soprar vidro em molde;
  • Limpar local de trabalho;
  • Segregar produtos não-conformes;
  • Retirar peça do molde;
  • Demonstrar senso de responsabilidade;
  • Coletar vidro;
  • Posicionar cana no vidro incandescente;
  • Avaliar condições de segurança dos equipamentos e local de trabalho;
  • Produzir de acordo com normas de preservação ambiental;
  • Determinar abertura do molde;
  • Sequenciar atividades de trabalho;
  • Pré-conformar o vidro;
  • Demonstrar flexibilidade;
  • Distribuir tarefas a equipe de trabalho;
  • Interpretar normas e procedimentos de segurança interna;
  • Transportar matérias-primas e produtos de vidro e cristal de acordo com especificações de segurança;
  • Analisar informações decorrentes da troca de turnos e mudanças de processos de produção;
  • Moldar vidros;
  • Corrigir anomalias no processo de produção;
  • Autodesenvolver-se;
  • Destacar peça da cana;
  • Corrigir anomalias no produto;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Identificar não-conformidade no produto;
  • Fabricar conforme especificação do produto e do processo de produção;
  • Comunicar sobre condições de riscos;
  • Orientar equipe quanto ao cumprimento do plano de produção;
  • Demonstrar capacidade de relacionamento interpessoal;
  • Demonstrar criatividade;
  • Demonstrar senso de disciplina;
  • Demonstrar destreza manual;

Onde o Soprador de Vidro (material de Laboratório) pode trabalhar

Sopradores, moldadores e modeladores de vidros atuam na fabricação de vidros. São empregados com carteira assinada trabalham em equipe (células de produção), com supervisão permanente, exceto o transformador de tubos de vidro que trabalha com supervisão ocasional. Estão expostos a altas temperaturas. Executam suas atividades em ambiente fechado e com rodízio de turnos (diurno/noturno), exceto o artesão modelador (vidros), que trabalha apenas em horário diurno.

Como trabalhar de Soprador de Vidro (material de Laboratório)

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino médio concluído e curso básico de qualificação profissional em torno de duzentas horas- aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre um e cinco anos de experiência profissional, conforme a ocupação.

Quanto ganha um Soprador de Vidro (material de Laboratório)

O Soprador de Vidro (material de Laboratório) tem um salário inicial de R$ 1.310,27 podendo chegar a R$ 2.367,43 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.525,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.606,56 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Soprador de Vidro (material de Laboratório)).

Qual a jornada de trabalho do Soprador de Vidro (material de Laboratório)

O Soprador de Vidro (material de Laboratório) trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.