O que faz um Prensista (Operador de Prensa)

Profissionais exercendo a profissão de Prensista (Operador de Prensa) dobram chapas e barras metálicas. Curvam tubos, chapas e barras de metais. Conformam peças de metais por prensagem hidráulica e excêntrica. Cortam chapas de metais. Controlam a qualidade de chapas, barras e tubos de metais. Realizam manutenção de máquinas e matrizes.

Algumas das principais funções da profissão

  • Acionar pedal da guilhotina;
  • Fixar matriz;
  • Conferir amostra;
  • Colocar peças no esquadro;
  • Programar prensa;
  • Programar velocidade do motor;
  • Regular gabarito da máquina;
  • Verificar desgaste das matrizes;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Conferir medidas de corte;
  • Testar resistência dos metais;
  • Colocar matéria-prima;
  • Checar nível de óleo;
  • Selecionar matriz;
  • Demonstrar interesse pelo uso de epi;
  • Requisitar matéria-prima;
  • Regular máquina, conforme espessura das peças;
  • Ligar prensa;
  • Acionar viradeira;
  • Identificar defeitos;
  • Lubrificar matrizes;
  • Colocar matriz, conforme espessura das peças;
  • Traçar medidas das peças;
  • Verificar regulagem, de acordo com a matriz;
  • Conferir medidas, conforme projeto;
  • Conferir pressão do monômetro;
  • Interpretar projeto, conforme medidas;
  • Regular curso do martelo;
  • Regular curso da mesa;
  • Limpar máquinas;
  • Demonstrar auto-organização;
  • Requisitar manutenção preventiva (máquinas e matrizes);
  • Acionar dispositivo (pedal e botão);
  • Elaborar amostra das peças;
  • Trabalhar em equipe;
  • Conferir peso das peças de metais;
  • Regular gabarito da guilhotina;
  • Demonstrar capacidade de atenção concentrada;
  • Elaborar plano de corte;
  • Lubrificar máquinas;
  • Conferir medidas das peças de metais;
  • Demonstrar criatividade;
  • Evidenciar dinamismo;
  • Acionar compressor;
  • Verificar ondulações das chapas;
  • Examinar ordem de serviço;
  • Limpar matrizes;
  • Demonstrar sociabilidade;
  • Demonstrar responsabilidade;

Onde o Prensista (Operador de Prensa) pode trabalhar

Operadores de máquinas de conformação de metais atuam em empresas de metalurgia, de fabricação de produtos de metal e de fabricação de máquinas, equipamentos, aparelhos e materiais na condição de empregados com carteira assinada. Organizam-se em cédulas de produção e trabalham com supervisão ocasional, em ambientes fechados, no período diurno. Podem permanecer em posições pouco confortáveis durante longos períodos e ficar expostos à ação de ruído intenso.

Como trabalhar de Prensista (Operador de Prensa)

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental e curso básico de qualificação profissional com até duzentas horas-aula. O exercício pleno das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Prensista (Operador de Prensa)

O Prensista (Operador de Prensa) tem um salário inicial de R$ 1.336,57 podendo chegar a R$ 2.348,19 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.622,76 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.618,68 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Prensista (Operador de Prensa)).

Qual a jornada de trabalho do Prensista (Operador de Prensa)

O Prensista (Operador de Prensa) trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.