O que faz um Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira)

Profissionais exercendo a profissão de Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira) planejam atividades e organizam ambiente de trabalho para usinagem de madeira com máquinas convencionais. Preparam máquinas de usinagem e de beneficiamento de madeira e realizam reparos e ajustes mecânicos e elétricos nas máquinas. Regulam e operam máquinas utilizadas nos diversos tipos de usinagem de madeira em um torno, empregando ferramentas manuais. Trabalham seguindo normas e procedimentos técnicos, de qualidade, segurança, meio ambiente e saúde.

Algumas das principais funções da profissão

  • Interpretar normas e procedimentos de segurança;
  • Determinar o local adequado para armazenagem da madeira;
  • Aferir as dimensões da madeira usinada;
  • Substituir fusíveis danificados;
  • Regular as máquinas segundo normas da empresa e do fabricante;
  • Dar provas de criatividade;
  • Verificar as condições de segurança das máquinas;
  • Identificar máquinas com defeito ou em manutenção;
  • Respeitar os limites de segurança da área em volta das máquinas;
  • Prender a madeira com dispositivos de fixação para a usinagem;
  • Interpretar a ordem de serviço e desenho do produto;
  • Utilizar equipamentos de proteção (individual e coletivo);
  • Ajustar a altura da mesa das máquinas;
  • Demonstrar habilidades para cálculos;
  • Selecionar os materiais de acordo com a ordem de serviço;
  • Ajustar a velocidade da máquina de acordo com a profundidade de corte;
  • Evitar acúmulo de resíduos de madeira em peças da máquina em movimento;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Liberar área em torno de equipamentos de combate a incêndio;
  • Inspecionar as partes mecânicas e elétricas das máquinas;
  • Controlar o tempo de vida útil dos componentes das máquinas;
  • Colocar as máquinas em funcionamento;
  • Limpar o local de trabalho;
  • Registrar apontamentos de produção (lote, tempo de serviço e outros);
  • Identificar a sequência das operações de usinagem;
  • Conduzir a madeira, manualmente, para a usinagem;
  • Identificar as metas de produção estabelecidas pela empresa;
  • Trabalhar em equipe;
  • Sugerir novas ideias;
  • Substituir ferramentas de corte com desgaste;
  • Reaproveitar a madeira usinada de acordo com as dimensões;
  • Classificar a madeira usinada de acordo com critérios de qualidade;
  • Realizar testes de corte da madeira;
  • Comunicar-se;
  • Utilizar equipamentos de combate a incêndio;
  • Manter lubrificadas as máquinas;
  • Limpar as máquinas;
  • Definir as ferramentas e instrumentos de trabalho;
  • Regular as máquinas conforme as dimensões do produto;
  • Manter-se atualizado em relação a novas tecnologias;

Onde o Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira) pode trabalhar

Operadores de usinagem convencional de madeira atuam na fabricação de produtos de madeira e de móveis como assalariados com carteira assinada. Trabalham em equipe, sob supervisão permanente, em ambientes fechados e por rodízio de turnos (diurno/noturno). Podem permanecer em posições desconfortáveis durante longos períodos e expostos a ruído intenso e riscos de acidentes operacionais.

Como trabalhar de Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira)

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental concluído e treinamento profissional, realizado geralmente no próprio local de trabalho, com ênfase em habilidade numérica. O pleno desempenho das atividades ocorre entre três e quatro anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira)

O Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira) tem um salário inicial de R$ 1.267,40 podendo chegar a R$ 2.289,12 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.600,39 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.569,75 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira)).

Qual a jornada de trabalho do Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira)

O Operador de Torno Automático (Usinagem de Madeira) trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.