O que faz um Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados)

Profissionais exercendo a profissão de Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados) preparam aglomerantes para montagem de chapas de madeira, preparam, operam, realizam pequenos reparos em máquinas de laminação, aglomeração e prensagem de chapas de madeira, de acordo com procedimentos de organização do trabalho, normas técnicas, de segurança e saúde.

Algumas das principais funções da profissão

  • Lavar máquinas, equipamentos e ferramentas;
  • Utilizar;
  • Interpretar instrumentos de medição;
  • Manter o local de trabalho limpo;
  • Interpretar normas e procedimentos de segurança;
  • Alimentar as máquinas manual e mecanicamente (esteira ou elevador);
  • Demonstrar responsabilidade;
  • Substituir gaxetas;
  • Trabalhar em equipe;
  • Regular os cilindros para determinação da gramatura da cola;
  • Demonstrar habilidades numéricas;
  • Verificar a umidade e a temperatura por lote;
  • Lubrificar máquinas;
  • Verificar defeitos nas chapas de compensados e aglomerados prensados;
  • Controlar o registro da tubulação de cola para alimentar a máquina;
  • Armazenar os materiais de consumo;
  • Alimentar a máquina com cola (passadeira);
  • Acionar os comandos das máquinas;
  • Comunicar-se;
  • Verificar o suprimento de materiais (madeiras, resinas, selantes, outros);
  • Regular os cilindros conforme a espessura da lâmina ou compensado;
  • Remover resíduos;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Definir a sequência de trabalho de acordo com a ordem de serviço;
  • Demonstrar coordenação motora;
  • Guardar ferramentas e instrumentos em local adequado;
  • Verificar as condições de segurança das máquinas e dos epc;
  • Verificar as sinalizações de segurança;
  • Preencher o relatório de produção;

Onde o Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados) pode trabalhar

Operadores de máquinas de aglomeração e prensagem de chapas atuam em indústrias de fabricação de chapas de madeira, compensados e aglomerados e indústria moveleira. São empregados com carteira assinada, trabalham em horário diurno e noturno e em rodízio de turno, com supervisão permanente, em ambientes fechados, sujeitos a material tóxico, ruído e altas temperaturas. Exceto o prensista de aglomerados, os demais trabalham em posição desconfortável, durante muitas horas.

Como trabalhar de Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados)

Para o exercício dessas ocupações requer-se escolaridade que varia do ensino fundamental incompleto a completo. O prensisita de aglomerados é a ocupação de maior nível de qualificação, que requer mais de cinco anos de experiência para o exercício pleno das atividades. Para o domínio das atividades das demais ocupações requer-se entre um e dois anos de experiência.

Quanto ganha um Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados)

O Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados) tem um salário inicial de R$ 1.191,30 podendo chegar a R$ 1.935,95 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.414,60 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.380,25 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados)).

Qual a jornada de trabalho do Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados)

O Operador de Máquina Intercaladora e Placas (Compensados) trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.