O que faz um Operador de Máquina de Moldar Vidro

Profissionais exercendo a profissão de Operador de Máquina de Moldar Vidro preparam e operam fornos para processamento de minerais não- metálicos. Preparam máquinas, equipamentos e insumos de conformação dos produtos. Controlam processos de produção e especificações do produto e do processo. Informam e registram ocorrências setoriais tais como parada de máquinas, parâmetros do processo, preenchimento de ordens de serviços e outras. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

Algumas das principais funções da profissão

  • Requisitar material e ferramentas;
  • Substituir eletrodos de fornos;
  • Corrigir falhas e defeitos de operação;
  • Verificar condições de funcionamento de fornos;
  • Isolar locais de risco;
  • Ser proativo;
  • Identificar causas de defeitos em máquinas;
  • Vistoriar funcionamento de fornos;
  • Acender queimadores;
  • Cumprir normas de segurança;
  • Relatar ocorrências do turno de trabalho;
  • Monitorar testes de alarme;
  • Trabalhar em equipe;
  • Substituir enfornadeiras;
  • Monitorar sistema supervisório;
  • Registrar ocorrências de manutenção;
  • Identificar falhas e defeitos de operação;
  • Realizar testes e ensaios de resistência;
  • Inverter operação de equipamentos;
  • Preservar a limpeza de máquinas e do local de trabalho;
  • Interpretar normas de segurança;
  • Preencher ordem de serviço;
  • Relatar defeitos corrigidos em máquinas e equipamentos;
  • Controlar distorções ópticas do produto;
  • Regular velocidade de esteiras;
  • Registrar parâmetros de processo;
  • Lubrificar equipamentos de produção;
  • Interpretar resultados da análise de gases;
  • Emitir informações sobre parada de equipamentos e máquinas;
  • Realizar medição manual do nível de vidro nos canais;
  • Inspecionar condições de fornos;
  • Avaliar qualidade do produto;
  • Controlar têmpera do produto;
  • Monitorar avanço da linha de composição do forno;
  • Verificar sinais de alerta de equipamentos e do forno;
  • Arquivar dados de resultados;
  • Identificar desgaste do refratário do forno;
  • Realizar operações de acordo com métodos seguros;
  • Abastecer fornos com composição;
  • Substituir componentes de máquinas;
  • Mostrar-se receptivo a informações e inovações;
  • Atuar em situações de emergência;
  • Relatar condições e atos inseguros;
  • Acompanhar manutenção de máquinas e equipamentos;
  • Enviar composição para silos;
  • Evidenciar senso de cooperação;
  • Comunicar-se com setor de manutenção;
  • Controlar parâmetros do processo de produção;
  • Coletar amostras de gases;
  • Propor melhorias;
  • Inspecionar o produto visualmente;
  • Emitir informações referentes à necessidade de limpeza;
  • Controlar quantidade de material fundido;
  • Misturar matéria-prima;
  • Controlar temperatura de fornos;
  • Acondicionar materiais tóxicos para descarte;
  • Limpar condutor de diferencial de pressão;
  • Organizar local de trabalho;
  • Realizar manutenção de queimadores;
  • Limpar blocos de queimadores;
  • Demonstrar capacidade de organização;
  • Comunicar-se com clareza e objetividade;
  • Verificar registro da ficha de instrução operacional;
  • Limpar bicos de queimadores;
  • Relacionar-se com outras pessoas;
  • Resolver problemas;
  • Providenciar primeiros socorros;
  • Seguir procedimentos de processo;
  • Inserir dados de identificação nos produtos;
  • Demonstrar capacidade de adaptação;
  • Alterar combustão;
  • Utilizar recursos de informática;
  • Analisar ordem de produção;
  • Verificar condições de funcionamento de máquinas;
  • Limpar filtros de gases;
  • Tomar iniciativa;
  • Utilizar equipamentos de proteção individual e coletiva, de acordo com a operação;
  • Agir com segurança nas atitudes e decisões;
  • Controlar recozimento do produto;

Onde o Operador de Máquina de Moldar Vidro pode trabalhar

Operadores de equipamentos de fabricação e beneficiamento de cristais, vidros, cerâmicas, porcelanas, fibras de vidro, abrasivos atuam no segmento da construção e na fabricação de equipamentos de instrumentação, produtos de metal, produtos alimentares e bebidas, materiais eletrônicos e de comunicação. São empregados com carteira assinada, organizam-se em células de trabalho e linhas de produção, sob supervisão permanente. Trabalham em ambiente fechado, no sistema de rodízio de turnos (diurno/noturno). Eventualmente, podem permanecer expostos a ruído intenso e altas temperaturas.

Como trabalhar de Operador de Máquina de Moldar Vidro

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional com até duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre três e quatro anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Operador de Máquina de Moldar Vidro

O Operador de Máquina de Moldar Vidro tem um salário inicial de R$ 1.300,89 podendo chegar a R$ 2.326,07 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.521,11 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.575,08 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Operador de Máquina de Moldar Vidro).

Qual a jornada de trabalho do Operador de Máquina de Moldar Vidro

O Operador de Máquina de Moldar Vidro trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.