O que faz um Operador de Instalação de Extração

Profissionais exercendo a profissão de Operador de Instalação de Extração extraem gases, operando equipamentos separadores e depuradores e monitorando variáveis físicas tais como temperatura, pressão e vazão. Realizam manutenção em instalações de captação, engarrafamento e distribuição de gases, alinhando compressores com motores, verificando pressões de óleos e temperaturas, limpando e trocando filtros. Abastecem e inspecionam compressores, despressurizando e esvaziando sistemas de gás, verificando pressões, vazamentos e conferindo funcionamento de motores. Operam compressores, acionando válvulas e ajustando níveis e pressões de óleos lubrificantes e gases. Controlam a qualidade da distribuição de gás, testando odores e teores de umidade, conferindo válvulas com gabaritos e coletando amostras para análises. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e preservação ambiental.

Algumas das principais funções da profissão

  • Esvaziar sistema de gás do compressor;
  • Retirar partículas sólidas;
  • Ler indicações do termômetro;
  • Inspecionar visualmente a qualidade do cilindro;
  • Verificar temperatura;
  • Coletar amostras de gás natural para análise cromatográfica;
  • Pró-agir;
  • Coletar amostras de glp para controle de estocagem;
  • Descartar cilindros fora do padrão (corrosão, deformação);
  • Verificar lubrificação (nível, vazão, tempo de troca e contaminação);
  • Cumprir normas de segurança;
  • Verificar vazamentos (gás, óleo);
  • Nivelar componentes do compressor;
  • Despressurizar compressor;
  • Alinhar compressor com motor;
  • Verificar pressão interestágio;
  • Adicionar produtos químicos;
  • Realizar teste sonoro no cilindro com o martelo bola (gás oxigênio);
  • Retirar cilindros e válvulas com presença de gordura;
  • Discriminar odores e sons;
  • Trocar filtros;
  • Verificar entradas e saídas do compressor (temperatura, processo e vazão);
  • Acionar válvulas;
  • Analisar pureza do oxigênio;
  • Monitorar variáveis físicas (temperatura, pressão e vazão);
  • Ligar compressor;
  • Desligar compressor;
  • Ajustar pressões de óleos lubrificantes e gases;
  • Controlar tempo de manutenção;
  • Operar depurador de gás;
  • Registrar manutenções realizadas;
  • Identificar cilindros com rótulos (especificações e cuidados necessários);
  • Determinar desligamento e desembarque do carro no abastecimento de gás;
  • Analisar dureza da água (quantidade de magnésio e cálcio);
  • Conferir os dispositivos de segurança;
  • Ler indicações do manômetro;
  • Operar bomba de pressão de sucção;
  • Filtrar gás;
  • Conferir válvulas com gabarito;
  • Verificar anormalidades em componentes e acessórios (trincas, vazamentos, desgastes e ruídos);
  • Disciplinar-se;
  • Fechar entradas e saídas de gases;
  • Limpar filtro do compressor;
  • Imobilizar veículo para abastecimento do gás;
  • Organizar-se;
  • Verificar pressão diferencial dos filtros;
  • Responsabilizar-se;
  • Conservar máquinas (pintura, limpeza);
  • Testar teor de umidade;
  • Demonstrar atenção e concentração;
  • Operar separador de gás;
  • Notificar inspeção;
  • Verificar sistema de resfriamento;
  • Conferir funcionamento do motor;
  • Conferir validade do teste hidrostático;
  • Aterrar (processo elétrico) veículos na transferência de gases;
  • Verificar níveis de óleo lubrificante e água;
  • Utilizar equipamentos de proteção individual;
  • Verificar pressão de óleo;
  • Testar odor;
  • Agir com equilíbrio emocional;

Onde o Operador de Instalação de Extração pode trabalhar

Operadores de instalações de extração, processamento, envasamento e distribuição de gases atuam nas empresas de produção e distribuição de gás como empregados com carteira assinada. Organizam-se em pequenos grupos de trabalho, sob supervisão permanente, em locais abertos e no sistema de rodízio de turnos. No desenvolvimento de algumas atividades permanecem expostos à ação de ruído intenso, materiais tóxicos e altas temperaturas.

Como trabalhar de Operador de Instalação de Extração

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino médio concluído e curso básico de qualificação profissional de duzentas a quatrocentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre três e quatro anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Operador de Instalação de Extração

O Operador de Instalação de Extração tem um salário inicial de R$ 1.272,80 podendo chegar a R$ 2.317,65 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.655,82 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.583,98 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Operador de Instalação de Extração).

Qual a jornada de trabalho do Operador de Instalação de Extração

O Operador de Instalação de Extração trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.