O que faz um Operador de Grua

Profissionais exercendo a profissão de Operador de Grua constroem cenários, adereços e mobiliários, a partir de análise de projeto cenográfico e pesquisa de objetos e materiais, executam técnicas afins, como trabalhos de carpintaria, serralheria, costura, pintura, modelagem e escultura, montam e adaptam peças de cenários e efeitos especiais , operam maquinaria, como varas elétricas e cenográficas, cortinas, gruas, carrinhos sobre trilhos e mecanismos de efeitos especiais, supervisionam atividades relacionadas ao planejamento, orçamento e contratação de serviços e orientam equipes de trabalho.

Algumas das principais funções da profissão

  • Afinar vestimentas de palcos;
  • Operar efeitos especiais;
  • Tomar decisões;
  • Discriminar volumes em espaço;
  • Conferir urdimento e maquinaria;
  • Posicionar cenário em espaço cênico;
  • Armar gruas;
  • Demonstrar habilidade manual;
  • Roteirizar entrada e saída de cenários;
  • Organizar trânsito de coxias;
  • Compatibilizar cenários e adereços à luz;
  • Operar cortinas;
  • Orçar serviços;
  • Discriminar cores;
  • Montar peças de cenários;
  • Executar trabalhos de cordame;
  • Conferir condições físicas de palcos e ´sets´;
  • Confeccionar mecanismos de efeitos especiais;
  • Montar efeitos especiais;
  • Fornecer suporte a eletricistas de cinema;
  • Contrapesar cenários;
  • Movimentar cenários sobre rodas;
  • Planejar atividades de trabalho;
  • Manifestar senso estético;
  • Fixar manobras em cenários;
  • Identificar cenários em relação a varas;
  • Operar varas elétricas (guinchos);
  • Demonstrar capacidade de improvisação;
  • Armar carrinhos sobre trilhos;
  • Operar gruas;
  • Afixar adereços e objetos em cena;
  • Manifestar acuidade auditiva;
  • Operar carrinhos sobre trilhos;
  • Administrar tempo;
  • Armar telas difusoras;
  • Demonstrar criatividade;
  • Trabalhar em equipe;
  • Orientar técnicos de palco;
  • Operar varas cenográficas;
  • Manifestar acuidade simétrica;
  • Fixar cenários móveis em maquinaria;
  • Trabalhar sob pressão;

Onde o Operador de Grua pode trabalhar

Técnicos em cenografia trabalham em atividades artísticas e culturais, por conta própria. Atuam em equipe, com supervisão ocasional do contratante, em ambientes fechados e em horários irregulares. Em algumas atividades podem trabalhar em grandes alturas, confinados, sujeitos a ruído intenso, a permanecer em posições desconfortáveis durante longos períodos, bem como estar expostos a riscos de acidentes e a materiais tóxicos.

Como trabalhar de Operador de Grua

Para o exercício profissional dos maquinistas de cinema e vídeo e de teatro e espetáculos requer-se ensino fundamental completo, seguido de curso de qualificação de duzentas horas-aula e um ano de experiência para o exercício pleno das atividades. Do cenotécnico requer-se curso técnico profissionalizante de nível médio. O desempenho pleno das atividades ocorre após cinco anos de experiência.

Quanto ganha um Operador de Grua

O Operador de Grua tem um salário inicial de R$ 1.470,59 podendo chegar a R$ 4.135,77 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.880,18 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 2.285,20 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Operador de Grua).

Qual a jornada de trabalho do Operador de Grua

O Operador de Grua trabalha em média 41 horas por semana (205 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: