O que faz um Operador de Germinação

Profissionais exercendo a profissão de Operador de Germinação germinam materiais maltáveis, preparam malte e bebidas para expedição e secam malte. Elaboram mosto, realizam fermentação e maturação de cervejas, vinhos e cachaças e filtram bebidas. Preparam máquinas, equipamentos e materiais para a produção de bebidas e realizam manutenção autônoma de máquinas e equipamentos. Preenchem documentos, registros e formulários. Trabalham em conformidade a normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene, saúde e preservação ambiental.

Algumas das principais funções da profissão

  • Lubrificar máquinas e equipamentos;
  • Raciocinar com rapidez;
  • Umidificar cereais;
  • Demonstrar capacidade de discriminação de cores;
  • Demonstrar senso de orientação por detalhes;
  • Auxiliar pessoal de manutenção, na troca de peças e componentes de máquinas e equipamentos;
  • Discriminar odores;
  • Registrar dados da avaliação de materiais;
  • Armazenar malte seco;
  • Controlar grau de umidade de cereais;
  • Registrar dados dos processos de produção, na ordem de fabricação;
  • Realizar aeração de cereais;
  • Realizar inspeções sensoriais, em cereais germinados;
  • Controlar tempo de germinação;
  • Separar matéria-prima;
  • Elaborar misturas de maltes de diferentes variedades;
  • Discriminar sabores;
  • Requisitar testes laboratoriais;
  • Descarregar matéria-prima de tanques e cubas;
  • Requisitar manutenção de máquinas e equipamentos;
  • Abastecer tanques e cubas com matéria-prima;
  • Avaliar as condições de conservação e limpeza de veículos de transporte;
  • Evidenciar objetividade;
  • Realizar assepsia de equipamentos;
  • Interpretar ordens de fabricação;
  • Evidenciar auto-organização;
  • Pesar matéria-prima;
  • Testar o funcionamento de máquinas e equipamentos e a qualidade de materiais;
  • Inspecionar as partes mecânicas e elétricas de máquinas e equipamentos;
  • Avaliar misturas de malte;
  • Controlar temperatura de cereais;
  • Ajustar peças e componentes de máquinas e equipamentos;
  • Controlar estoques de malte;
  • Substituir componentes eletromecânicos;
  • Limpar máquinas e equipamentos.;
  • Manter atenção simultânea em tarefas diversificadas (atenção difusa);
  • Realizar o carregamento de veículos de transporte;

Onde o Operador de Germinação pode trabalhar

Trabalhadores na fabricação de cachaça, cerveja, vinhos e outras bebidas atuam na fabricação de produtos alimentares e bebidas como empregados com carteira assinada. Organizam-se em equipe, sob supervisão ocasional e em ambiente fechado. Trabalham predominantemente no sistema de rodízio de turnos (diurno ou noturno), porém, nas ocupações trabalhador de fabricação de vinhos, vinagreiro e xaropeiro as atividades são desenvolvidas durante o dia. No desenvolvimento de algumas atividades podem permanecer expostos à ação de materiais tóxicos.

Como trabalhar de Operador de Germinação

Para o exercício dessas ocupações requer-se escolaridade correspondente ao ensino médio e prática profissional no posto de trabalho.

Quanto ganha um Operador de Germinação

O Operador de Germinação tem um salário inicial de R$ 1.500,00 podendo chegar a R$ 3.713,98 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.800,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 2.011,11 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Operador de Germinação).

Qual a jornada de trabalho do Operador de Germinação

O Operador de Germinação trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.