O que faz um Operador de Coluna de Flotação

Profissionais exercendo a profissão de Operador de Coluna de Flotação inspecionam equipamentos, operam instalação de beneficiamento de minérios e equipamentos de cominuição, de classificação e de concentração. Recuperam água por espessamento. Atuam em conformidade a normas técnicas de qualidade, segurança, meio ambiente e saúde.

Algumas das principais funções da profissão

  • Solicitar bloqueio dos equipamentos;
  • Monitorar pressão, vazão e temperatura;
  • Relatar anomalias;
  • Monitorar utilização de equipamentos de segurança;
  • Controlar níveis de material nas caixas e silos;
  • Estabilizar o processo;
  • Monitorar o fluxo de material;
  • Controlar níveis de caixas, silos e tanques;
  • Solicitar substituição de peças e equipamentos;
  • Regular água no circuito de concentração.;
  • Ser participativo;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Operar sistemas de filtragem e precipitação;
  • Coletar amostras para análise físico-químicas;
  • Controlar alimentação dos equipamentos;
  • Monitorar processo de lixiviação;
  • Identificar área e situações de riscos;
  • Descartar rejeitos para área de decantação;
  • Demonstrar sociabilidade;
  • Abrir válvulas e comportas;
  • Eliminar anomalias operacionais (sobrecargas, entupimento, corpos estranhos);
  • Participar da manutenção e lubrificação dos equipamentos de beneficiamento.;
  • Inspecionar revestimentos e componentes dos equipamentos.;
  • Simular situação de emergência;
  • Liberar equipamentos para operação;
  • Cumprir normas de segurança;
  • Alimentar equipamentos de classificação;
  • Estudar manual do equipamento de beneficiamento;
  • Comunicar-se;
  • Ligar equipamentos conforme procedimento de partida;
  • Enviar amostras para análise em laboratório;
  • Estocar concentrado de minérios;
  • Identificar ruídos e vibrações;
  • Avaliar qualidade dos insumos;
  • Controlar granulometria, porcentagem de sólidos e vazão dos materiais;
  • Bombear água para recuperação;
  • Trabalhar para melhoria contínua do processo;
  • Zelar pela manutenção e limpeza dos equipamentos e ambiente de trabalho;
  • Demonstrar autocrítica;
  • Desligar equipamentos conforme procedimento de parada;
  • Demonstrar senso de responsabilidade;
  • Preparar reagentes para flotação e precipitação;
  • Preencher relatório de campo;
  • Apropriar tempo de utilização e disponibilidade dos equipamentos;
  • Controlar porcentagem de sólidos, ph e camada de espuma;
  • Operar condicionadores de reagentes;
  • Utilizar epi e epc especificados;
  • Desobstruir equipamentos em operação;
  • Controlar características físicas do fluxo de materiais;
  • Medir pressão, rotação, nível de água, ar e óleo dos equipamentos;
  • Observar temperatura, odor e pressão;
  • Dosar reagentes para flotação e precipitação;

Onde o Operador de Coluna de Flotação pode trabalhar

Trabalhadores de beneficiamento de minérios trabalham em indústrias de metalurgia básica, em regime assalariado, com carteira assinada. Atuam em equipe sob supervisão permanente, em grandes alturas, expostos a materiais tóxicos, ruído intenso, umidade, poeira e vibração.

Como trabalhar de Operador de Coluna de Flotação

O exercício dessas ocupações requer ensino fundamental completo. Ao ingressar na área, os profissionais participam de cursos básicos de qualificação no próprio local de trabalho.

Quanto ganha um Operador de Coluna de Flotação

O Operador de Coluna de Flotação tem um salário inicial de R$ 1.251,46 podendo chegar a R$ 2.252,68 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.570,80 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.532,29 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Operador de Coluna de Flotação).

Qual a jornada de trabalho do Operador de Coluna de Flotação

O Operador de Coluna de Flotação trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.