O que faz um Oficial de Inteligência

Profissionais exercendo a profissão de Oficial de Inteligência atuam no planejamento, execução, coordenação, supervisão e controle das atividades de Inteligência, das ações de salvaguarda de conhecimentos sensíveis, das operações de Inteligência, das atividades de pesquisa e desenvolvimento científico ou tecnológico direcionadas à obtenção, à análise de dados e à segurança da informação e do desenvolvimento de recursos humanos para a atividade de Inteligência. Atuam na gestão técnico-administrativa e na logística da atividade de Inteligência. Desenvolvem e operam máquinas, veículos, aparelhos, dispositivos, instrumentos, equipamentos e sistemas necessários à atividade de Inteligência.

Algumas das principais funções da profissão

  • Planejar operações de inteligência;
  • Comunicação;
  • Controle emocional;
  • Coordenar projetos tecnológicos;
  • Coordenar pesquisas;
  • Objetividade;
  • Pesquisar temas de interesse;
  • Conduzir veículos;
  • Adaptabilidade;
  • Manusear dispositivos;
  • Planejar pesquisas de interesse da área de inteligência;
  • Discrição;
  • Destreza manual;
  • Memória visual e fisionômica;
  • Coordenar o desenvolvimento de recursos humanos;
  • Produzir conhecimento;
  • Flexibilidade de raciocínio;
  • Planejar atividades para o desenvolvimento tecnológico;
  • Trabalho em equipe;
  • Coordenar a salvaguarda de conhecimentos sensíveis;
  • Imparcialidade;
  • Planejar a salvaguarda de conhecimentos sensíveis;
  • Operar sistemas de informação e comunicação;
  • Realizar operações de inteligência;
  • Análise e síntese;
  • Manusear aparelhos;
  • Desenvolver projetos tecnológicos;
  • Proteger conhecimentos sensíveis;
  • Coordenar operações de inteligência;
  • Lealdade;
  • Operar máquinas;
  • Coordenar a produção do conhecimento;
  • Planejar a produção do conhecimento;

Onde o Oficial de Inteligência pode trabalhar

Profissionais da inteligência são servidores estatutários e integram as carreiras de Oficial de Inteligência e de Oficial Técnico de Inteligência da Agência Brasileira de Inteligência. As atividades podem ser desenvolvidas de forma independente ou em equipe. O exercício das atribuições exige o manuseio de documentos sigilosos. Regime de trabalho: 40h semanais, com dedicação exclusiva para o Oficial de Inteligência, podendo ter regime de trabalho por plantões, escala ou regime de turnos alternados por revezamento. Podem trabalhar em qualquerponto do território nacional.

Como trabalhar de Oficial de Inteligência

Para o exercício das ocupações é requerido diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior, reconhecido pelo Ministério da Educação, e aprovação em concurso público com Curso de Formação em Inteligência. Especificamente para a ocupação de Oficial Técnico de Inteligência o diploma de conclusão de nível superior é requerido em áreas específicas de conhecimento. O provimento de servidores para desempenhar as atribuições de Analista Técnico em Inteligência e de Analista de Suporte à Inteligência, a partir da Lei nº 11. 776/2008, passou a ser feito no cargo de Oficial Técnico de Inteligência.

Quanto ganha um Oficial de Inteligência

O Oficial de Inteligência tem um salário inicial de R$ 3.353,00 podendo chegar a R$ 14.366,53 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 6.000,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 7.222,13 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Oficial de Inteligência).

Qual a jornada de trabalho do Oficial de Inteligência

O Oficial de Inteligência trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: