O que faz um Moldador Prensista (borracha)

Profissionais exercendo a profissão de Moldador Prensista (borracha) fabricam produtos em plástico e borracha e velas. Preparam matérias- primas, máquinas e moldes para fabricação dos produtos. Controlam e documentam o processo de produção. Trabalham em conformidade a normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene, saúde e preservação ambiental.

Algumas das principais funções da profissão

  • Verificar o funcionamento de dispositivos de segurança das máquinas;
  • Regular parâmetros de máquinas;
  • Zelar pela qualidade do produto;
  • Trabalhar em equipe;
  • Informar condições inseguras;
  • Eliminar gases do molde;
  • Desumidificar matéria-prima;
  • Acondicionar matéria-prima em recipientes;
  • Participar de treinamentos;
  • Granular matéria-prima;
  • Desmoldar produtos;
  • Soprar massa e matéria-prima em molde;
  • Registrar o controle estatístico do processo;
  • Elaborar relatórios;
  • Zelar pela preservação do meio ambiente;
  • Fixar molde na máquina;
  • Trocar moldes;
  • Interpretar ordens de serviço;
  • Manter o local de trabalho limpo e organizado;
  • Conferir propriedades técnicas do produto;
  • Controlar dimensionalmente as peças;
  • Identificar fatores de risco no local de trabalho;
  • Inspecionar visualmente o produto;
  • Controlar tempo de moldagem;
  • Detectar defeitos no molde;
  • Detectar defeitos na máquina;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Aquecer a massa;
  • Comunicar-se de forma clara e objetiva;
  • Participar de atividades de segurança promovidas pela empresa;
  • Aplicar desmoldantes em moldes;
  • Retirar rebarba de peças;
  • Cilindrar a massa;
  • Aquecer a matéria-prima;
  • Vulcanizar borracha;
  • Realizar acabamento final;
  • Registrar controle de produção;
  • Prevenir atos inseguros;
  • Cumprir normas de segurança;
  • Requisitar material;
  • Controlar a temperatura do molde;
  • Laminar a massa;
  • Programar máquinas;
  • Utilizar equipamentos de proteção individual (epi);
  • Abastecer máquina com matéria-prima e massa para produção;
  • Controlar estoque de matéria-prima;
  • Informar ocorrência de acidentes;
  • Comprimir massa e matéria-prima no molde;
  • Zelar pelos equipamentos de trabalho;
  • Alimentar máquinas e moldes com matéria-prima e massa;
  • Receber material;
  • Controlar a temperatura da matéria-prima;
  • Regular parâmetros do processo;

Onde o Moldador Prensista (borracha) pode trabalhar

Operadores de instalações e máquinas de produtos plásticos, de borracha e moldadores de parafinas atuam na fabricação de artigos de borracha, plástico, produtos de minerais não metálicos e reciclagem de produtos. São empregados com carteira assinada e organizam-se em equipe (células de trabalho) sob supervisão ocasional. Atuam em locais fechados, no sistema de rodízio de turnos (diurno/noturno) e podem permanecer expostos a ruído intenso e altas temperaturas.

Como trabalhar de Moldador Prensista (borracha)

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional com cerca de duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre em até um ano de experiência profissional.

Quanto ganha um Moldador Prensista (borracha)

O Moldador Prensista (borracha) tem um salário inicial de R$ 1.283,52 podendo chegar a R$ 1.854,36 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.526,70 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.422,11 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Moldador Prensista (borracha)).

Qual a jornada de trabalho do Moldador Prensista (borracha)

O Moldador Prensista (borracha) trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.