O que faz um Modelo Fotográfico de Workshop

Profissionais exercendo a profissão de Modelo Fotográfico de Workshop posam para fotógrafos e artistas plásticos imobilizando o corpo segundo orientação artística ou criando poses próprias, em estúdios, escolas de arte e locações internas ou externas, mostram produtos em trabalhos publicitários (fotos, filmes e eventos) mobilizando habilidades expressivas que atraem o olhar, que sugerem comportamentos e estilos de vida e que representam o tipo de pessoa que se quer associar ao produto, desfilam em passarelas ou em espaços determinados, onde sincronizam movimentos conforme a música e a coreografia, adotando expressão facial e corporal pré- estabelecida, para expor coleções de moda, detalhes do produto e acessórios, em show e show room de moda, cuidam da aparência e concentram-se na linguagem corporal.

Algumas das principais funções da profissão

  • Executar a ação proposta;
  • Testar produtos;
  • Testar iluminação;
  • Representar comportamentos e estilo de vida;
  • Atualizar material de apresentação;
  • Posicionar o corpo conforme ´layout´ ou ´briefing´;
  • Demonstrar carisma;
  • Demonstrar originalidade de estilo;
  • Selecionar dieta para manter o peso desejado;
  • Provar as roupas e acessórios para o trabalho;
  • Demonstrar charme (ter charme);
  • Apresentar o produto em feiras e eventos;
  • Agir com naturalidade;
  • Utilizar telefone celular para contatos;
  • Negociar preços de trabalho;
  • Caracterizar-se conforme perfil do teste;
  • Cultivar a paciência;
  • Demonstrar fotogenia;
  • Analisar contratos de trabalho;
  • Controlar movimentos e uso do espaço;
  • Representar o tipo sugerido pelo produto;
  • Disponibilizar-se para o trabalho;
  • Acordar limites de tempo de mobilidade e de descanso entre as poses;
  • Criar posições conforme cenários diferenciados;
  • Divulgar material autopromocional e curriculum;
  • Provocar empatia;
  • Compreender o objetivo do trabalho;
  • Demonstrar desinibição;
  • Interpretar a expressão facial sugerida;
  • Contratar assessoria de marketing;
  • Sugerir alternativas para o desenvolvimento do trabalho;
  • Manter-se atualizado;
  • Cultivar ética profissional;
  • Condicionar forma física;
  • Exercitar a concentração na linguagem corporal do trabalho;
  • Contabilizar custos e remunerações;
  • Definir um plano de carreira;
  • Atuar como dublê de corpo;
  • Interagir com o fotógrafo ou artista plástico;
  • Providenciar maquiagem e penteados;
  • Transmitir imagem idônea;
  • Divulgar trabalho em página da internet;
  • Testar maquiagem e penteado;
  • Avaliar propostas recebidas;
  • Participar de editoriais de moda e capas de revistas;
  • Manter contato com agência, agente ou contratante;
  • Posicionar o corpo conforme interpretação própria do trabalho;
  • Imobilizar o corpo pelo tempo pré-acordado;
  • Demonstrar disciplina;
  • Realizar o teste;
  • Dar entrevistas em revistas e programas de tv;
  • Entregar o book e o composite ou curriculum ao cliente;
  • Gerenciar o tempo;
  • Permanecer disponível para o início do trabalho, após teste;
  • Expressar-se verbalmente com clareza;
  • Permanecer disponível para o teste;
  • Providenciar habilitação profissional junto ao drt;
  • Estabelecer limites de segurança e bem estar;
  • Buscar vínculo com uma agência;
  • Mobilizar habilidades expressivas que atraem o olhar;
  • Providenciar book, composite e vídeo-book;
  • Ensaiar marcações e coreografias;
  • Modificar atuação conforme orientação artística (diretor, fotógrafo, coreógrafo);
  • Desenvolver resistência muscular;
  • Improvisar quando necessário;
  • Cuidar da pele, unhas, dentes e cabelo;

Onde o Modelo Fotográfico de Workshop pode trabalhar

Modelos os cargos dessa família CBO atuam em atividades recreativas, culturais, de ensino e empresariais. Trabalham por conta própria. Os modelos de moda e publicitário vinculam-se a uma agência ou agente que lhes garante continuidade de trabalho, ascenção na carreira, orientação na montagem do composite e do book e outras exigências da profissão. Praticamente não existe possibilidade de inserir-se no mercado de trabalho como modelo sem esses vínculos e é muito comum se tornarem atores depois dos 25 anos de idade. Esse traço não se aplica aos modelos artísticos, que não necessitam adequar-se a padrões definidos de idade ou de medidas para manter-se no mercado das escolas de arte e ateliês.

Como trabalhar de Modelo Fotográfico de Workshop

Para esses empregos/ocupações, é desejável que o trabalhador tenha o ensino médio completo e de um a dois anos de experiência profissional. Os modelos de moda apresentam carreira curta, sendo substituídos constantemente por adolescentes e jovens de até vinte anos, poucos conseguem manter-se na profissão após os trinta anos de idade, daí a dificuldade de cumprir muitos anos de experiência. Não é necessário cursos de qualificação, mas é comum modelos cursarem teatro, dança etc.

Quanto ganha um Modelo Fotográfico de Workshop

O Modelo Fotográfico de Workshop tem um salário inicial de R$ 1.119,46 podendo chegar a R$ 2.518,42 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.270,40 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.491,14 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Modelo Fotográfico de Workshop).

Qual a jornada de trabalho do Modelo Fotográfico de Workshop

O Modelo Fotográfico de Workshop trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: