O que faz um Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos

Profissionais exercendo a profissão de Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos supervisionam manutenção preventiva e preditiva, corretiva e emergencial de máquinas e equipamentos industriais, comerciais e residenciais, estabelecem indicadores de qualidade da manutenção, coordenam a construção de equipamentos para linha de produção de máquinas e equipamentos, elaboram documentação técnica, administram recursos humanos e financeiros, e trabalham de acordo com normas de segurança.

Algumas das principais funções da profissão

  • Analisar contratos de terceiros (capacidade técnica);
  • Controlar absenteísmo;
  • Acompanhar testes de componentes de segurança, conforme nr-013;
  • Coordenar ações de manutenção em equipamentos da cipa;
  • Monitorar trabalhos de alta periculosidade;
  • Desenvolver líderes de equipes;
  • Manter-se tecnologicamente atualizado;
  • Orientar quanto a métodos e processos seguros de manutenção;
  • Atuar sobre problemas de relacionamento social e pessoal;
  • Redigir plano de ação para manutenção;
  • Elaborar cronograma de trabalho;
  • Delegar tarefas;
  • Demonstrar raciocínio indutivo e dedutivo;
  • Inspecionar a emissão de efluentes;
  • Interpretar desenhos de projetos;
  • Inspecionar a realização da manutenção produtiva total;
  • Analisar dados fornecidos pelo software de manutenção;
  • Especificar equipamentos;
  • Avaliar disponibilidade de equipamentos;
  • Expressar-se com clareza;
  • Redigir documentação para o sistema da qualidade;
  • Projetar instalações;
  • Demonstrar sinergia;
  • Monitorar a instalação de equipamentos;
  • Selecionar fornecedores de serviços e insumos;
  • Demonstrar rapidez de raciocínio;
  • Analisar produtividade de equipamentos e serviços;
  • Especificar materiais;
  • Inspecionar manutenção eletrônica;
  • Planejar a manutenção produtiva total;
  • Desenvolver fornecedores;
  • Demonstrar perseverança;
  • Motivar equipes de trabalho;
  • Demonstrar equilíbrio emocional;
  • Redigir formulários de controle de manutenção;
  • Aceitar desafios;
  • Acompanhar start up de equipamentos;
  • Monitorar controle de desgaste e quebra de componentes;
  • Estabelecer prazos e prioridades para manutenção.;
  • Avaliar desempenhos;
  • Modificar equipamentos;
  • Implementar medidas de emergência;
  • Monitorar a implantação de projetos ambientais na empresa;
  • Monitorar a organização de equipamentos, segundo leiautes;
  • Monitorar o cumprimento de normas de segurança;
  • Monitorar controle de parâmetros de funcionamento dos equipamentos (físico, químico, elétricos);
  • Avaliar tempo médio de resposta do serviço;
  • Controlar consumo de utilidades;
  • Controlar a organização e limpeza dos setores;
  • Treinar pessoal da empresa e terceirizados;
  • Manifestar liderança;
  • Revisar indicadores da qualidade;
  • Elaborar manuais de operações;
  • Fornecer informações para definição de leiautes;
  • Elaborar plano de manutenção preventiva e preditiva;
  • Selecionar pessoal;
  • Cadastrar equipamentos;
  • Elaborar registros de manutenção;
  • Controlar custos setoriais;
  • Inspecionar a limpeza de trocadores de calor;
  • Prever a utilização de ferramentas;
  • Manter relacionamento interpessoal;
  • Monitorar equipes de manutenção têxtil;
  • Controlar a utilização de equipamentos de proteção individual;
  • Determinar prioridades;
  • Monitorar emissão e tratamento de efluentes industriais;
  • Coordenar reuniões com equipes e facilitadores;
  • Contatar fornecedores para trabalhos especializados;
  • Definir perfil da equipe;
  • Monitorar controle de gás cfc (clorofluorcarbono);
  • Reduzir custos, por meio da nacionalização de componentes;
  • Fornecer dados para alimentação de software de manutenção;
  • Manter documentação técnica atualizada e organizada;
  • Inspecionar manutenção elétrica;
  • Elaborar cronograma de manutenção;
  • Interpretar diagnóstico de defeitos;
  • Escutar, com atenção, outras pessoas;
  • Aprovar pedidos de compras de insumos para manutenção;
  • Demonstrar segurança nas decisões;
  • Identificar necessidades de especialização dos funcionários;
  • Demonstrar proatividade;
  • Inspecionar manutenção mecânica;
  • Controlar estoques de peças de reposição;
  • Emitir relatórios de manutenção;
  • Avaliar qualidade da manutenção produtiva total;
  • Inspecionar testes de vazamentos de fluidos;
  • Programar paradas para manutenção;
  • Inspecionar a calibração de instrumentos de medição;
  • Avaliar indicadores de satisfação dos clientes internos e externos;
  • Redigir rotinas de trabalho e procedimentos;
  • Coordenar a construção de equipamentos de segurança coletiva;
  • Desenvolver peças e componentes inexistentes e especiais;
  • Monitorar tratamento de água de caldeiras;
  • Analisar qualidade do program ´5s´;
  • Estabelecer plano de contingência;
  • Analisar tempo médio entre falhas;
  • Implantar sistemas informatizados de manutenção;

Onde o Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos pode trabalhar

Supervisores em serviços de reparação e manutenção de máquinas e equipamentos industriais, comerciais e residenciais os cargos dessa família CBO exercem suas funções em empresas de fabricação de máquinas e equipamentos, de fabricação e montagem de veículos automotores, de fabricação de celulose, papel e produtos de papel, fabricação de produtos têxteis, entre outras. São contratados na condição de trabalhadores assalariados, com carteira assinada. Atuam em equipe, com supervisão permanente, em ambientes fechados e a céu aberto, em períodos diurno e noturno, no sistema de rodízio de turnos, podendo atuar em horários irregulares. No desenvolvimento de algumas atividades podem trabalhar sob pressão, levando-os à situação de estresse, e podem, ainda, estar expostos a ruído intenso.

Como trabalhar de Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos

Essas ocupações são exercidas por trabalhadores com escolaridade de ensino médio completo, acrescida de cursos de formação profissional em nível técnico (cursos técnicos), em área correlata. O pleno exercício das funções ocorre no período de três a quatro anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos

O Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos tem um salário inicial de R$ 1.831,11 podendo chegar a R$ 7.042,55 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 3.500,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 3.794,28 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos).

Qual a jornada de trabalho do Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos

O Mestre de Manutenção de Máquinas de Estampar Tecidos trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.