O que faz um Mecânico de Máquinas Fotográficas

Profissionais exercendo a profissão de Mecânico de Máquinas Fotográficas recepcionam serviços, reparam flashs, fotocélulas e iluminadores, recondicionam objetivas e reparam corpo de câmeras fotográficas. Reparam projetores de slides e acessórios para câmeras fotográficas, confeccionam peças de reposição, mecânicas e elétricas, obedecem normas de segurança, saúde e meio ambiente.

Algumas das principais funções da profissão

  • Verificar condições de funcionamento do dispositivo de carga acoplada (ccd);
  • Utilizar equipamento de proteção coletiva;
  • Agir com paciência;
  • Trocar componentes mecânicos, elétricos, eletrônicos e eletroquímicos danificados;
  • Repintar corpo da câmaras;
  • Medir com instrumentos de precisão;
  • Reparar sistema de controle remoto;
  • Ajustar circuitos de emissão de raios infravermelhos;
  • Orientar clientes sobre técnicas básicas de fotografia;
  • Reparar flashmeter;
  • Emitir certificado de garantia dos serviços prestados;
  • Adaptar peças elétricas, eletrônicas e mecânicas;
  • Verificar funcionamento de conjuntos elétricos mecânicos e eletrônicos da câmera (flash, fotômetro);
  • Resolver situações emergenciais;
  • Manifestar criatividade;
  • Verificar o estado das engrenagens e cremalheiras;
  • Reparar sistema de transporte;
  • Informar recepcionista sobre aspectos técnicos dos equipamentos;
  • Medir grandezas elétricas;
  • Ajustar diafragma;
  • Usinar rebites e pinos;
  • Ajustar foco de câmaras fotográficas compactas;
  • Ajustar intensidade da luz emitida;
  • Montar corpo de câmaras;
  • Trocar componentes mecânicos e eletrônicos;
  • Utilizar técnicas de negociação e vendas;
  • Desmontar câmaras, parcial e totalmente;
  • Remover oxidações;
  • Reparar componentes ópticos (lentes, prisma);
  • Usinar parafusos e porcas;
  • Reparar fotômetros manuais;
  • Constatar defeitos (câmara montada);
  • Reparar circuito eletrônico da placa;
  • Reparar fontes de alimentação;
  • Verificar circuito leitor do cartão de memória;
  • Partilhar conhecimentos;
  • Reparar porta-filme (chassi) de câmaras fotográficas;
  • Trabalhar em grupo;
  • Minimizar a concentração de vapores emanados de líquidos voláteis (éter, benzina);
  • Verificar a estanqueidade de câmaras fotográficas subaquáticas;
  • Verificar funcionamento dos motores;
  • Celebrar acordo de garantia com o cliente sobre partes do equipamento;
  • Reparar componentes elétricos;
  • Confeccionar contatos elétricos;
  • Calibrar circuito de cores em câmaras digitais;
  • Registrar, em vocabulário técnico, as informações sobre defeitos;
  • Ajustar velocidade de obturação;
  • Realizar registros contábeis;
  • Verificar funcionamento de temporizadores;
  • Embalar equipamento para transporte, pelo cliente;
  • Manter-se atualizado tecnicamente;
  • Orientar clientes quanto aos cuidados com o manuseio do equipamento;
  • Orientar clientes quanto à vida útil e recursos oferecidos pelo equipamento;
  • Comunicar-se em outros idiomas;
  • Ajustar o funcionamento com auxílio de softwares;
  • Orientar clientes quanto à utilização de softwares;
  • Reparar disparadores remotos eletrônicos;
  • Utilizar manuais técnicos;
  • Reparar tripés;
  • Interpretar desenhos e diagramas eletrônicos;
  • Ajustar grau de inclinação do espelho;
  • Operar equipamento para ajuste de foco de lentes;
  • Corrigir erro de paralaxe;
  • Testar equipamento, após a montagem;
  • Verificar funcionamento dos circuitos eletrônicos;
  • Informar, ao cliente, o valor do orçamento e prazo de entrega;
  • Consultar normas de reparo;
  • Reparar motor-drive;
  • Enrolar molas;
  • Verificar sistema de vedação contra a entrada de luz indesejável;
  • Orçar o valor dos serviços;
  • Reparar sistema de ventilação;
  • Demonstrar persistência;
  • Acondicionar pilhas e baterias para descarte;
  • Ajustar pressão das cortinas de obturação;
  • Submeter-se a exames periódicos de acuidade visual;
  • Lubrificar componentes mecânicos;
  • Desmontar objetivas;
  • Desmontar equipamento;
  • Revisar pontos de solda;
  • Utilizar recursos de informática;
  • Reparar sistema de foco automático;
  • Liderar equipes de trabalho;

Onde o Mecânico de Máquinas Fotográficas pode trabalhar

Reparadores de equipamentos fotográficos os reparadores de equipamentos fotográficos podem exercer suas funções em empresas de fabricação de máquinas e equipamentos e no comércio varejista e reparação de objetos pessoais e domésticos. São contratados na condição de empregados com carteira assinada, podendo atuar por conta própria. Desenvolvem as atividades de forma individual, com supervisão ocasional, em ambientes fechados, no período diurno. Podem estar sujeitos à ação de materiais tóxicos.

Como trabalhar de Mecânico de Máquinas Fotográficas

As atividades dessa família ocupacional são exercidas por trabalhadores com escolaridade de ensino médio concluído, acrescida de curso técnico (formação profissional em nível técnico). O desempenho pleno das funções ocorre após o período de cinco anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Mecânico de Máquinas Fotográficas

O Mecânico de Máquinas Fotográficas tem um salário inicial de R$ 1.271,33 podendo chegar a R$ 3.032,49 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.877,68 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.865,47 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Mecânico de Máquinas Fotográficas).

Qual a jornada de trabalho do Mecânico de Máquinas Fotográficas

O Mecânico de Máquinas Fotográficas trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.