O que faz um Instalador de Telefones

Profissionais exercendo a profissão de Instalador de Telefones preparam, instalam e reparam - em estabelecimentos comerciais, industriais, residenciais, rurais, urbanos e órgãos públicos - linhas e aparelhos de telecomunicações, equipamentos de comutação e telefonia, de transmissão e telefonia e de energia em telefonia. Reparam aparelhos de telecomunicações em laboratório. Instalam e mantêm redes de cabos. Controlam resultados de funcionamento de linhas, aparelhos, redes de cabos e equipamentos instalados, testando, analisando indicadores de desempenho e registrando informações técnicas e operacionais das atividades realizadas. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

Algumas das principais funções da profissão

  • Comunicar-se;
  • Eliminar causas dos defeitos;
  • Identificar terminais telefônicos;
  • Armazenar equipamentos de energia;
  • Instalar telefones com sistemas de ondas portadoras;
  • Controlar-se emocionalmente;
  • Selecionar materiais, ferramentas e equipamentos;
  • Prevenir-se em relação aos agentes tóxicos, gases e energia;
  • Proteger o meio ambiente contra soluções tóxicas (baterias);
  • Interpretar projetos de instalação e reparação de aparelhos de telecomunicações;
  • Testar linhas telefônicas;
  • Identificar pares em caixas terminais;
  • Instalar equipamentos terminais de assinantes;
  • Identificar conexões, pares, cabos e terminais;
  • Jampear terminais;
  • Elaborar relatório final;
  • Planejar a instalação e reparação de aparelhos de telecomunicações;
  • Atualizar distribuidor geral (dg);
  • Analisar indicadores de desempenho;
  • Transportar equipamentos de energia;
  • Manter equipamentos de proteção limpos;
  • Redirecionar ordem de serviços;
  • Instalar fiação externa;
  • Dirigir veículo, obedecendo as regras de trânsito;
  • Instalar telefones públicos;
  • Instalar linhas privadas (lp) e linhas privadas para comunicação de dados (lpcd);
  • Levantar material gasto;
  • Apresentar soluções;
  • Utilizar equipamentos de proteção individual e coletivo;
  • Interpretar ordens de serviço;
  • Instalar fiação interna;
  • Identificar as causas dos defeitos;
  • Jampear armário de distribuição (ard);
  • Aceitar ideias;
  • Jampear distribuidor geral (dg);
  • Substituir jumpers;
  • Atualizar armários de distribuição;
  • Fechar ordens de serviço;
  • Aceitar materiais, serviços e equipamentos;
  • Zelar pelo patrimônio;
  • Demonstrar organização;
  • Programar telefones públicos;
  • Lidar com clientes;
  • Trabalhar em equipe;
  • Resolver situações inesperadas;
  • Obedecer as normas de higiene e segurança no trabalho;
  • Seguir métodos e procedimentos;
  • Disponibilizar documentação técnica;

Onde o Instalador de Telefones pode trabalhar

Instaladores-reparadores de linhas e equipamentos de telecomunicações atuam nos serviços de telecomunicações como empregados com carteira assinada. O trabalho é realizado em equipe, com supervisão permanente e em horários irregulares. Trabalham em ambiente a céu aberto ou subterrâneo, com exceção do instalador-reparador de aparelhos de telecomunicações em laboratório que atua em ambiente fechado. Todos trabalham sob pressão, o que pode levá-los à situação de estresse, e podem permanecer em posições desconfortáveis durante longos períodos. Podem também ficar expostos a materiais tóxicos, ruído intenso, altas temperaturas e próximos de corrente alternada (poste).

Como trabalhar de Instalador de Telefones

O exercício dessas ocupações requer escolaridade e qualificação profissional distintas. Os instaladores-reparadores de equipamentos de comutação em telefonia e de redes e cabos telefônicos devem ter o ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional entre duzentas e quatrocentas horas-aula. Para os instaladores - reparadores de equipamentos de energia em telefonia, de transmissão em telefonia e de linhas e aparelhos de telecomunicações bem como para o reparador de aparelhos de telecomunicações em laboratório requer-se ensino médio concluído e curso técnico na área de telecomunicações oferecido por instituições de formação profissional ou escolas técnicas. O pleno desempenho das atividades ocorre com a prática profissional no posto de trabalho.

Quanto ganha um Instalador de Telefones

O Instalador de Telefones tem um salário inicial de R$ 1.135,71 podendo chegar a R$ 1.699,00 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.320,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.263,44 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Instalador de Telefones).

Qual a jornada de trabalho do Instalador de Telefones

O Instalador de Telefones trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.