O que faz um Instalador de Alarmes Residenciais

Profissionais exercendo a profissão de Instalador de Alarmes Residenciais instalam, inspecionam e ativam sistemas eletroeletrônicos de segurança, montando e conectando equipamentos cabeados e sem fio para instalações, ajustando parâmetros elétricos e lógicos dos equipamentos, realizando testes e corrigindo falhas. Monitoram sistemas eletrônicos de segurança e realizam inspeção técnica do local do evento. Planejam serviços de instalação e manutenção de sistemas eletroeletrônicos de segurança, interpretando ordens de serviço, desenhos e cronogramas de projetos. Realizam manutenções preventiva e corretiva dos sistemas e elaboram documentos técnicos. Trabalham seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente.

Algumas das principais funções da profissão

  • Demonstrar atenção;
  • Demonstrar capacidade de contornar situações adversas;
  • Demonstrar diligência;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Demonstrar capacidade de observação;
  • Demonstrar capacidade de comunicação verbal;
  • Preencher históricos de manutenção;
  • Interpretar ordens de serviço;
  • Lançar cabos;
  • Configurar painel de alarme;
  • Montar infraestruturas para lançamento de cabos;
  • Montar equipamentos para instalações de sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • Realizar acabamentos nas instalações de sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • Interpretar desenhos técnicos;
  • Demonstrar destreza;
  • Programar sistemas de alarme, incêndio, cftv, controle de acesso, rastreamento;
  • Trabalhar em equipe;
  • Distinguir cores;
  • Interpretar cronogramas físicos do projeto;
  • Demonstrar perspicácia;
  • Emitir laudos técnicos;
  • Interpretar normas técnicas para instalações dos sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • Preencher requisições de materiais;
  • Verificar visualmente a integridade das instalações dos sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • Registrar ocorrências (falhas, acidentes etc.);
  • Conectar equipamentos cabeados e sem fio a central de controle;
  • Demonstrar confiabilidade;
  • Medir a continuidade de cabos;
  • Selecionar materiais e equipamentos;
  • Demonstrar autocontrole;
  • Registrar na ordem de serviços os serviços realizados;

Onde o Instalador de Alarmes Residenciais pode trabalhar

Instaladores e mantenedores de sistemas eletroeletrônicos de segurança os instaladores de sistemas trabalham como empregados com carteira assinada, com supervisão permanente de profissionais de nível técnico. Os mantenedores de sistemas são autônomos e trabalham por conta própria, com supervisão ocasional de profissionais de nível superior. Os monitores são empregados com carteira assinada e trabalham com supervisão ocasional. Todos estão organizados em equipe e atuam em locais fechados, com exceção dos monitores externos que exercem suas funções em ambiente a céu aberto e em veículos. Os instaladores trabalham no período diurno, os mantenedores em horários irregulares, já os monitores trabalham em rodízio de turnos. Trabalham em grandes alturas ou em locais subterrâneos, sob pressão, levando à situação de stress constante, permanecem em posições desconfortáveis e expostos a áreas insalubres.

Como trabalhar de Instalador de Alarmes Residenciais

Para o exercício da ocupação de instalador de sistemas eletroeletrônicos de segurança requer-se ensino fundamental concluído e curso profissionalizante com aproximadamente duzentas horas-aula. Já os mantenedores desses sistemas devem ter ensino médio concluído e curso técnico em eletricidade e eletrônica. Para essas duas ocupações, o pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional. Ao monitor de sistemas eletrônicos de segurança externo é exigido o ensino fundamental completo para o monitor de sistemas eletrônicos de segurança interno, requer-se ensino médio completo. Nenhuma experiência profissional é exigida para essas duas ocupações.

Quanto ganha um Instalador de Alarmes Residenciais

O Instalador de Alarmes Residenciais tem um salário inicial de R$ 1.158,44 podendo chegar a R$ 1.860,60 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.376,29 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.337,97 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Instalador de Alarmes Residenciais).

Qual a jornada de trabalho do Instalador de Alarmes Residenciais

O Instalador de Alarmes Residenciais trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.