O que faz um Guarda-vidas

Profissionais exercendo a profissão de Guarda-vidas previnem situações de risco e executam salvamentos terrestres, aquáticos e em altura, protegendo pessoas e patrimônios de incêndios, explosões, vazamentos, afogamentos ou qualquer outra situação de emergência, com o objetivo de salvar e resgatar vidas, prestam primeiros socorros, verificando o estado da vítima para realizar o procedimento adequado, realizam cursos e campanhas educativas, formando e treinando equipes, brigadas e corpo voluntário de emergência.

Algumas das principais funções da profissão

  • Especializar-se profissionalmente;
  • Fornecer suprimento de oxigênio;
  • Notificar departamento e seção para adequação às normas de segurança;
  • Chamar apoio;
  • Conferir estado do equipamento e material;
  • Efetuar anamnese da vítima;
  • Afastar público do local;
  • Retirar afogado da água;
  • Alertar banhista através do apito;
  • Selecionar viaturas;
  • Especificar equipamentos para aquisição;
  • Imobilizar vítima;
  • Informar o centro de operações;
  • Analisar topografia da praia;
  • Relatar ocorrências em formulário;
  • Operacionalizar viaturas e embarcações;
  • Conferir funcionamento do equipamento e viatura;
  • Reconhecer local de trabalho;
  • Monitorar condições atmosféricas;
  • Procurar vítimas;
  • Demonstrar prontidão;
  • Persuadir suicida do contrário;
  • Requalificar-se profissionalmente;
  • Cuidar da sua segurança e da equipe;
  • Trabalhar com ética;
  • Praticar mergulho;
  • Relacionar-se com a comunidade;
  • Controlar tempo resposta;
  • Classificar ocorrência;
  • Inspirar confiança;
  • Ministrar aulas e palestras educativas;
  • Trabalhar em equipe;
  • Demonstrar solidariedade;
  • Orientar público;
  • Demonstrar resistência a fadiga;
  • Revelar coragem;
  • Isolar área;
  • Preparar plano de emergência;
  • Capturar animais e insetos (peçonhentos, raivosos);
  • Informar dados da vítima;
  • Estabelecer rota de fuga;
  • Avaliar situações de risco;
  • Higienizar equipamentos;
  • Traçar itinerário;
  • Rebocar afogado;
  • Simular ocorrências com funcionários de empresas;
  • Constatar hemorragias e deformidades;
  • Abordar vítima;
  • Treinar equipe de bombeiro e salvamento;
  • Associar estado da vítima com local do acidente;
  • Nadar com destreza;
  • Criar diques de contenção;
  • Eliminar situações de risco;
  • Estabilizar a vítima;
  • Demonstrar humanidade;
  • Apoiar instituições de combate a incêndio (pam, prefeitura...);
  • Usar equipamento de proteção individual;
  • Localizar vítima;
  • Conferir efetivo;
  • Proceder à respiração artificial;
  • Zelar pelo meio ambiente;
  • Ouvir relatos da vítima e testemunhas;
  • Posicionar viaturas e embarcações;
  • Definir plano de ação;
  • Verificar nível de consciência da vítima;
  • Conversar com a vítima;
  • Comunicar-se através de sinais;
  • Abastecer equipamento e viatura;
  • Demarcar distância de segurança;
  • Sinalizar locais de risco;
  • Vigiar banhistas;
  • Aproximar-se da vítima;
  • Liberar vias aéreas da vítima;
  • Executar operações de busca;
  • Dominar fisicamente suicida e vítima;
  • Proteger patrimônio;
  • Evacuar local;
  • Elaborar estatísticas;
  • Tomar vacinas;
  • Submeter-se a exames periódicos;
  • Verificar respiração e circulação;
  • Acalmar vítima;
  • Mapear área de risco;
  • Dirigir-se ao local da ocorrência com segurança;
  • Observar condições oceanográficas;
  • Providenciar manutenção dos equipamentos;
  • Trocar informações;
  • Resgatar vítima;
  • Manter controle emocional;
  • Transportar vítima para centro médico;
  • Distribuir tarefas e funções;
  • Praticar exercícios físicos;
  • Utilizar técnicas de salvamento e combate a incêndios;
  • Fazer massagem cardíaca;

Onde o Guarda-vidas pode trabalhar

Bombeiros e salva-vidas atuam no comércio, indústria, serviços e agropecuária. São empregados com carteira assinada, organizam-se em equipe, trabalhando em locais fechados e abertos, em períodos diurnos e noturnos e em revezamento de turnos. Estão, conforme a especialidade das ocupações, expostos a materiais tóxicos, radiação, ruído intenso, umidade e altas temperaturas.

Como trabalhar de Guarda-vidas

Requer-se do bombeiro de segurança do trabalho e do salva-vidas o ensino fundamental completo, do bombeiro aeródromo, o ensino médio completo. Exige-se curso básico de qualificação de duzentas a quatrocentas horas-aula para todos. Os salva-vidas civis que atuam na orla marítima costumam receber treinamento dado por salva-vidas da polícia militar.

Quanto ganha um Guarda-vidas

O Guarda-vidas tem um salário inicial de R$ 1.236,29 podendo chegar a R$ 1.967,39 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.470,14 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.419,89 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Guarda-vidas).

Qual a jornada de trabalho do Guarda-vidas

O Guarda-vidas trabalha em média 42 horas por semana (210 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: