O que faz um Fuloneiro

Profissionais exercendo a profissão de Fuloneiro recebem e classificam peles para curtimento dividem peles a máquina, controlam os processos de preparação de peles, tratam peles em fulão ou molineta seguindo normas e procedimentos técnicos de qualidade, meio ambiente e saúde.

Algumas das principais funções da profissão

  • Remolhar peles;
  • Controlar o grau baumé;
  • Pesar insumos químicos;
  • Adicionar insumos químicos e agua no fulão ou molineta;
  • Medir volume de água;
  • Purgar peles;
  • Pesar lotes de peles;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Agir com responsabilidade;
  • Demonstrar coordenação motora;
  • Avaliar resultados do processo de depilação;
  • Trabalhar em equipe;
  • Descalcinar peles;
  • Interpretar formulações do processo de preparação para o curtiamento;
  • Agir com ética;
  • Abastecer o fulão ou molineta com peles;
  • Respeitar normas de segurança;
  • Registrar informações em planilhas;
  • Avaliar descalcinação através de indicadores;
  • Retirar excesso de sal das peles no fulão;
  • Demonstrar capacidade de comunicação;
  • Buscar novos conhecimentos;
  • Piquelar peles;
  • Demonstrar consciência ecológica;
  • Avaliar resultado da purga;
  • Demonstrar discernimento;
  • Descarregar peles do fulão ou molineta;
  • Controlar temperatura da água;
  • Depilar peles;
  • Demonstrar senso de observação;
  • Avaliar resultados do processo de piquelagem;
  • Monitorar tempos de processamento;
  • Aceitar ideias novas;
  • Realizar manutenção produtiva total;

Onde o Fuloneiro pode trabalhar

Trabalhadores da preparação do curtimento de couros e peles trabalham na fase de preparação do curtimento de couros e peles, em curtumes. São empregados assalariados (exceto o classificador de peles), trabalham em rodízio de turnos, sujeitos a ruídos (todos), materiais tóxicos (estirador), posições desconfortáveis (descarnador e rachador). O classificador de pele trabalha, geralmente, por conta própria.

Como trabalhar de Fuloneiro

O acesso ao exercício das ocupações é livre, seguido de qualificação básica de até duzentas horas-aula, exceto para o descarnador que é preparado no local de trabalho. Há pré-requisito mínimo de escolaridade de ensino fundamental apenas para o estirador de couros e peles.

Quanto ganha um Fuloneiro

O Fuloneiro tem um salário inicial de R$ 1.313,70 podendo chegar a R$ 1.919,35 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.442,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.426,74 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Fuloneiro).

Qual a jornada de trabalho do Fuloneiro

O Fuloneiro trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.