O que faz um Engenheiro de Tráfego

Profissionais exercendo a profissão de Engenheiro de Tráfego elaboram projetos de engenharia civil, gerenciam obras, controlam a qualidade de empreendimentos. Coordenam a operação e manutenção do empreendimento. Podem prestar consultoria, assistência e assessoria e elaborar pesquisas tecnológicas.

Algumas das principais funções da profissão

  • Fiscalizar controle ambiental do empreendimento;
  • Detalhar projetos;
  • Propor soluções técnicas;
  • Coordenar apoio logístico;
  • Desenvolver estudos ambientais;
  • Executar ensaios de materiais, resíduos, insumos e produto final;
  • Analisar ensaios de materiais, resíduos e insumos;
  • Controlar recebimento de materiais e serviços;
  • Elaborar cronograma físico e financeiro;
  • Controlar situações adversas;
  • Elaborar estudo de modelagem;
  • Propor alternativas técnicas, econômicas e ambientais;
  • Verificar atendimento a normas, padrões e procedimentos;
  • Realizar ajuste de campo;
  • Avaliar dados técnicos e operacionais;
  • Verificar aferição, calibração dos equipamentos;
  • Controlar cronograma físico e financeiro da obra;
  • Demonstrar criatividade;
  • Elaborar programas e planos;
  • Demonstrar visão sistêmica;
  • Preparar edital de licitação para obras e serviços de engenharia;
  • Periciar projetos e obras;
  • Julgar propostas técnicas e financeiras;
  • Especificar equipamentos, materiais e serviços;
  • Realizar investigação de campo;
  • Usar epi;
  • Controlar documentação técnica;
  • Implementar novas tecnologias;
  • Quantificar mão-de-obra, equipamentos, materiais e serviços;
  • Emitir parecer técnico;
  • Planejar empreendimento;
  • Selecionar mão-de-obra, equipamentos, materiais e serviços;
  • Elaborar laudos e avaliações;
  • Medir serviços executados;
  • Avaliar relatórios de inspeção;
  • Elaborar relatórios;
  • Gerenciar recursos humanos;
  • Analisar dados primários e secundários;
  • Administrar contratos;
  • Demonstrar raciocínio lógico;
  • Programar intervenções no empreendimento;
  • Preparar termo de referência para contratação de serviços e obras;
  • Coordenar pesquisas tecnológicas;
  • Gerenciar suprimento de materiais e serviços;
  • Realizar auditorias;
  • Apropriar custos específicos e gerais do empreendimento;
  • Realizar levantamentos técnicos;
  • Identificar métodos e locais de instalação de instrumentos de controle de qualidade;
  • Demonstrar dinamismo;
  • Programar inspeção preventiva e corretiva;
  • Demonstrar capacidade de liderança;
  • Avaliar projetos e obras;
  • Fazer estudo da viabilidade técnica, econômica e ambiental do empreendimento;
  • Preparar propostas técnicas para prestação de serviços e obras;
  • Gerar projeto conforme construído (as built);
  • Definir metodologia de execução;
  • Elaborar normas, procedimentos e especificações técnicas;
  • Fiscalizar obras;
  • Dimensionar elementos de projetos;
  • Demonstrar raciocínio matemático;
  • Supervisionar segurança da obra;
  • Supervisionar aspectos ambientais da obra;
  • Estabelecer critérios para pré-qualificação de serviços e obras;
  • Ensaiar novos produtos, métodos, equipamentos e procedimentos;
  • Gerenciar recursos técnico-financeiros;
  • Demonstrar capacidade de negociação;
  • Trabalhar em equipe;
  • Cotar preços e custos de insumos do empreendimento;
  • Divulgar tecnologias;
  • Realizar capacitação técnica;
  • Demonstrar capacidade de decisão;
  • Demonstrar visão espacial;
  • Elaborar projetos de pesquisa;

Onde o Engenheiro de Tráfego pode trabalhar

Engenheiros civis atuam na maioria das atividades econômicas com concentração na construção civil. Trabalham na área de planejamento e gerenciamento de projetos construtivos para as mais diversas finalidades. Costumam trabalhar em equipe multidisciplinar, em laboratórios e escritórios e também 'à céu aberto´, ou ´no campo´. Os vínculos de trabalho mais comum são como trabalhador assalariado, ou por conta-própria, na condição de prestador de serviços. Eventualmente, em certas atividades, alguns profissionais trabalham em condições especiais, por exemplo, em ambientes subterrâneos ou confinados, expostos à poeira, mau cheiro, ruído intenso e materiais tóxicos.

Como trabalhar de Engenheiro de Tráfego

Para o exercício profissional requer-se formação em nível superior em tecnologia em Construção Civil ou Engenharia Civil e registro no CREA, sendo frequente os profissionais portadores de títulos de especialização e pós-graduação lato sensu. O exercício pleno da atividade ocorre, em média, após cinco anos de experiência, para engenheiros civis e em média até dois anos no caso dos tecnólogos.

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Engenheiro de Tráfego é a formação em Engenharia de Transportes e/ou Engenharia da Mobilidade para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Engenheiro de Tráfego

O Engenheiro de Tráfego tem um salário inicial de R$ 2.081,54 podendo chegar a R$ 9.560,04 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 4.300,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 4.831,41 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Engenheiro de Tráfego).

Qual a jornada de trabalho do Engenheiro de Tráfego

O Engenheiro de Tráfego trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: