O que faz um Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais

Profissionais exercendo a profissão de Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais planejam serviços elétricos, realizam instalação de distribuição de alta e baixa tensão. Montam e reparam instalações elétricas e equipamentos auxiliares em residências, estabelecimentos industriais, comerciais e de serviços. Instalam e reparam equipamentos de iluminação de cenários ou palcos.

Algumas das principais funções da profissão

  • Instalar comandos e controles elétricos em diversos equipamentos;
  • Instalar motores elétricos;
  • Preencher boletim de interrupção de energia;
  • Estabelecer cronograma de serviço;
  • Emendar condutores elétricos;
  • Liberar máquina, equipamento e sistema para operação após manutenção;
  • Desligar o fornecimento de energia;
  • Demonstrar atenção na execução do serviço;
  • Instalar pontos de luz conforme solicitação do cliente;
  • Instalar medidor de energia, transformador de potência e corrente;
  • Preparar equipamentos para a manutenção;
  • Limpar máquinas, equipamentos e local de trabalho;
  • Proteger equipamentos das intempéries ambientais;
  • Orçar serviço;
  • Estabelecer cronograma de execução da manutenção de máquinas e equipamentos;
  • Preencher ordem de serviço;
  • Emitir laudo técnico de equipamentos e serviços;
  • Fazer medições elétricas;
  • Interligar a unidade consumidora;
  • Testar funcionamento de máquinas, equipamentos e sistemas;
  • Instalar grupos geradores;
  • Aplicar procedimentos de primeiros-socorros;
  • Dimensionar local de execução do serviço;
  • Instalar equipamentos auxiliares: c.c. , inversores, retificadores e banco de bateria.;
  • Soldar condutores elétricos;
  • Testar a rede de distribuição;
  • Balancear cargas do circuito de distribuição;
  • Fazer ensaios elétricos dos equipamentos;
  • Testar as instalações elétricas;
  • Fazer relatórios de serviços;
  • Demonstrar condicionamento físico para executar a função;
  • Instalar quadros de distribuição de circuitos;
  • Monitorar dados durante a operação de equipamentos e máquinas auxiliares;
  • Interpretar esquemas elétricos dos equipamentos;
  • Entregar máquinas e equipamentos em condições normais de operação;
  • Instalar equipamentos de potência;
  • Determinar número de ajudantes para o serviço;
  • Instalar dutos de acordo com as normas técnicas;
  • Instalar iluminação pública;
  • Levantar material a ser utilizado;
  • Inspecionar a medição do consumo;
  • Seguir padrões de medição;
  • Organizar equipamentos e ferramentas;
  • Vistoriar a unidade consumidora;
  • Diferenciar cores;
  • Selecionar ferramentas e materiais;
  • Listar máquinas e equipamentos;
  • Demonstrar iniciativa para executar o serviço;
  • Demonstrar capacidade de enfrentar situações de emergência;
  • Comprar instruções técnicas do fabricante para fazer a manutenção;
  • Identificar o defeitos;
  • Enfiar condutores elétricos nos dutos;
  • Realizar testes operacionais das máquinas e equipamentos auxiliares;
  • Instalar transformadores;
  • Inspecionar máquinas e equipamentos visualmente;
  • Registrar ocorrências;
  • Religar o fornecimento de energia;
  • Preencher requisição de material;
  • Seguir normas de segurança;
  • Demonstrar organização;
  • Utilizar equipamentos de segurança;
  • Quantificar material a ser utilizado;
  • Corrigir defeito de máquinas, equipamentos e sistemas;
  • Comunicar-se com os colegas;
  • Utilizar informática básica;

Onde o Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais pode trabalhar

Trabalhadores de instalações elétricas atuam em qualquer ramo de atividade econômica que demande serviços de instalação elétrica, como teatro, construção civil, atividades industriais, comerciais e de serviços.Trabalham como assalariados ou por conta-própria. Geralmente trabalham em equipe, com ou sem supervisão ocasional, dependendo se é empregado ou atutônomo. Podem trabalhar em grandes alturas, temperaturas baixas ou elevadas, sujeitos aos riscos de trabalho com energia elétrica.

Como trabalhar de Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino médio e qualificação básica de duzentas horas-aula (eletricista de instalações) e quatrocentas horas-aula (eletricista de instalações de cenários e eletricista de instalação de edifícios). O desempenho pleno das atividades é atingido entre um e dois anos de prática.

Quanto ganha um Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais

O Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais tem um salário inicial de R$ 1.446,98 podendo chegar a R$ 2.316,54 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.809,05 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.693,24 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais).

Qual a jornada de trabalho do Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais

O Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.