O que faz um Econometrista

Profissionais exercendo a profissão de Econometrista desenham amostras, analisam e processam dados, constroem instrumentos de coleta de dados, criam banco de dados, desenvolvem sistemas de codificação de dados, planejam pesquisa, comunicam-se oralmente e por escrito.

Algumas das principais funções da profissão

  • Trabalhar em equipe;
  • Calcular precisão da amostra;
  • Definir plano de classificação;
  • Desenvolver capacidade de expressão oral;
  • Desenvolver capacidade de expressão escrita;
  • Compor cadastro;
  • Definir tamanho da amostra;
  • Desenvolver capacidade analítica;
  • Demonstrar capacidade de síntese;
  • Estabelecer nível de agregação a ser disponibilizado;
  • Construir indicadores;
  • Analisar dados segundo técnicas estatísticas;
  • Elaborar sistema de entrada de dados;
  • Desenhar plano amostral;
  • Definir cadastro;
  • Definir processo de tabulação;
  • Desenvolver raciocínio lógico;
  • Listar suprimentos;
  • Desenvolver perspicácia;
  • Validar resultados fornecidos pelos indicadores;
  • Planejar trabalho de campo (coleta, supervisão etc.);
  • Descrever conteúdo dos dados (metadados);
  • Listar equipamentos;
  • Demonstrar organização;
  • Desenvolver raciocínio matemático;
  • Adotar modelo para análise estatística;
  • Realizar controle estatístico de processo;
  • Definir nível de agregação dos dados;
  • Adaptar linguagem;
  • Acrescentar variáveis ao banco de dados;
  • Ordenar variáveis segundo estratégia de coleta;
  • Dar suporte na utilização dos bancos de dados;
  • Auxiliar na interpretação interdisciplinar dos dados;
  • Demonstrar objetividade;
  • Definir tipo de pesquisa (amostral, censitária, experimental etc.);
  • Selecionar variáveis;
  • Atualizar dados;
  • Aprimorar técnicas estatísticas;
  • Atualizar livro de códigos;
  • Elaborar programas de processamento, tabulação de dados;
  • Listar recursos humanos;
  • Criar livro de códigos;
  • Dimensionar universo da pesquisa;
  • Realizar teste piloto;
  • Elaborar métodos de imputação de dados;
  • Redigir material de divulgação da pesquisa;
  • Fazer relatório de análise;
  • Avaliar qualidade do banco de dados;
  • Selecionar variáveis componentes do banco de dados;
  • Definir fator de expansão do resultado;
  • Criar dicionário de dados;
  • Identificar objetivo da pesquisa;
  • Selecionar amostra;
  • Revisar plano amostral;
  • Fazer análise descritiva;
  • Treinar entrevistador e pesquisador;
  • Criticar dados (validade, consistência e estatística);
  • Projetar resultados;
  • Preparar apresentação dos resultados (gráficos, cartogramas e outros);
  • Estruturar instrumentos de coleta;
  • Estabelecer codificação de identificação do questionário;
  • Redigir instruções de coleta e preenchimento;
  • Tabular dados;
  • Calcular números índices;
  • Escolher forma de coleta;
  • Interpretar resultados estatísticos da análise;
  • Elaborar cronograma;

Onde o Econometrista pode trabalhar

Profissionais de estatística atuam em três grandes áreas da estatística: a industrial, a aplicada às ciências biológicas e da saúde e a aplicada às ciências humanas e sociais. No exercício das suas atividades se utilizam da estatística como ferramenta de trabalho. Podem trabalhar em institutos de pesquisa, planejamento e estatística, instituições de ensino, empresas e fundações públicas ou privadas. Organizam-se em equipe e também de forma individual (Estatístico teórico). Atuam com supervisão permanente e também ocacional, dependendo da ocupação. Trabalham em ambientes fechados, no período diurno. Em algumas de suas atividades, podem trabalhar em posições desconfortáveis por longos períodos, bem como estar expostos à radiação dos monitores de computadores.

Como trabalhar de Econometrista

Para o acesso às ocupações requer-se curso superior completo, sendo desejável curso superior de tecnologia (tecnólogo), cursos de especialização ou de pós-graduação. O exercício pleno das atividades, em média, ocorre no período que pode variar de três a quatro anos de experiência profissional.

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Econometrista é a formação em Ciências Econômicas para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Econometrista

O Econometrista tem um salário inicial de R$ 2.683,22 podendo chegar a R$ 7.791,08 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 4.000,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 4.431,70 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Econometrista).

Qual a jornada de trabalho do Econometrista

O Econometrista trabalha em média 42 horas por semana (210 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: