O que faz um Domador (eqüinos)

Profissionais exercendo a profissão de Domador (eqüinos) manejam, alimentam e monitoram a saúde e o comportamento de animais da pecuária. Condicionam e adestram animais. Sob orientação de veterinários e técnicos, tratam sanidade de animais, manipulando e aplicando medicamentos e vacinas, higienizam animais e recintos, aplicam técnicas de inseminação,castração, casqueamento e ferrageamento. Realizam atividades de apoio, assessorando em intervenções cirúrgicas, exames clínicos e radiológicos, pesquisas, necropsias e sacrifícios de animais.

Algumas das principais funções da profissão

  • Recompensar comportamentos;
  • Criar estímulos ambientais;
  • Monitorar peso e crescimento de animais;
  • Definir objetivo de amansamento;
  • Treinar colegas de trabalho;
  • Repetir ações;
  • Registrar evolução de tratamentos médicos;
  • Prestar primeiros socorros a animais;
  • Manifestar paciência;
  • Rasquear animais;
  • Trabalhar em equipe;
  • Registrar preferências alimentares de animais;
  • Aclimatar animais;
  • Auxiliar animais em trabalho de parto;
  • Recolher dejetos, lixo e restos de alimentos em recintos e adjacências;
  • Selecionar alimentos;
  • Demonstrar habilidade manual;
  • Conferir estado físico de animais;
  • Acondicionar medicamentos, equipamentos, instrumentos e acessórios;
  • Punir comportamentos;
  • Controlar qualidade de alimentos;
  • Adicionar suplementos alimentares;
  • Detectar níveis de estresse em animais;
  • Passear com animais;
  • Conferir plantel;
  • Manifestar criatividade;
  • Trabalhar com segurança;
  • Monitorar sociabilidade de animais;
  • Armazenar alimentos;
  • Aplicar curativos;
  • Demonstrar capacidade de observação;
  • Desinfetar recintos, bebedouros e comedouros;
  • Imobilizar animal para castração;
  • Programar adestramento de animais;
  • Amansar animais;
  • Sociabilizar grupos de animais;
  • Manipular medicamentos;
  • Vacinar animais;
  • Medir temperatura de animais;
  • Higienizar narinas e orelhas de animais;
  • Manifestar resistência física;
  • Laçar animais;
  • Demonstrar sensibilidade táctil;
  • Monitorar temperamento de animais em quarentena;
  • Escolher métodos de condicionamento;
  • Monitorar cio de animais;
  • Monitorar doenças, lesões e traumatismos em animais;
  • Relatar ocorrências;
  • Reforçar comportamentos;
  • Manifestar iniciativa;
  • Produzir técnicas de enriquecimento comportamental;
  • Amordaçar animais;
  • Amarrar animais;
  • Higienizar boca e dentes de animais;
  • Monitorar acasalamento de animais;
  • Aplicar medicamentos;
  • Monitorar consumo de alimentos;
  • Induzir comportamentos;
  • Preencher formulários;
  • Identificar medicamentos;
  • Demonstrar capacidade de decisão;
  • Monitorar agressividade de animais;
  • Colocar animais em regime de jejum;
  • Marcar plantel;
  • Pulverizar ectoparasiticidas em animais e recintos;
  • Distribuir alimentos em recintos;
  • Registrar comportamentos estereotipados de animais;
  • Prender animais em recintos, jaulas e bretes;
  • Escovar animais;
  • Criar filhotes de animais;
  • Coletar material biológico para exames laboratoriais;
  • Lavar animais e recintos;
  • Separar animais em recintos;
  • Controlar dieta alimentar;
  • Apresentar estímulos ambientais;
  • Ensinar comandos;
  • Produzir condições de aprendizagem;
  • Demonstrar capacidade de organização;
  • Participar de atividades educativas e culturais;
  • Higienizar genitálias de animais;
  • Processar alimentos;
  • Ensinar comportamentos;
  • Estabelecer contato com animais;
  • Assessorar em pesquisas;
  • Executar técnicas de enriquecimento ambiental;
  • Transportar animais;
  • Exercitar animais;
  • Orientar proprietários de animais;
  • Manifestar afinidade com animais;
  • Atentar-se para detalhes;

Onde o Domador (eqüinos) pode trabalhar

Tratadores polivalentes de animais trabalham em pequenas e médias propriedades rurais, fundações, canis e haras, predominantemente do setor privado, como assalariado, com carteira assinada. Há, também, trabalhadores por conta própria, como os inseminadores, adestradores de animais,casqueadores de animais e ferradores de animais. Organizam-se individualmente ou em equipe, sob supervisão ocasional de trabalhadores mais experientes. Trabalham a céu aberto, durante o dia, alguns ficam sujeitos a posições desconfortáveis,bem como expostos a ruídos e ataques de animais.

Como trabalhar de Domador (eqüinos)

Para o exercício dessas ocupações requer-se, no mínimo, quarta série do ensino fundamental, mais curso profissionalizante de duzentas horas-aula (adestradores, inseminadores de animais, casqueadores de animais e ferradores de animais) e cursos eventuais (para as demais ocupações), oferecidos pelas associações, cooperativas, órgãos governamentais de apoio à agropecuária e à extensão rural e instituições de formação profissional. O desempenho pleno das atividades requer de um a dois anos de experiência.

Quanto ganha um Domador (eqüinos)

O Domador (eqüinos) tem um salário inicial de R$ 1.152,76 podendo chegar a R$ 2.532,64 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.408,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.554,54 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Domador (eqüinos)).

Qual a jornada de trabalho do Domador (eqüinos)

O Domador (eqüinos) trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: