O que faz um Diretor de Produção na Mineração

Profissionais exercendo a profissão de Diretor de Produção na Mineração planejam e administram a produção, atuam na definição do planejamento estratégico, participam na definição de políticas de rh, gerenciam logística, asseguram ações de gestão ambiental, gerenciam ações de qualidade, provêm condições de higiene e segurança do trabalho, comunicam-se oralmente e por escrito.

Algumas das principais funções da profissão

  • Implantar tecnologias e inovações;
  • Mostrar otimismo;
  • Avaliar desempenho do pessoal;
  • Definir padrões de qualidade;
  • Determinar qualificações do pessoal;
  • Interpretar relatórios;
  • Especificar recursos humanos e materiais;
  • Identificar novos fornecedores e prestadores de serviço;
  • Administrar custos de produção;
  • Dimensionar recursos;
  • Definir políticas ambientais, sociais e de segurança e higiene do trabalho;
  • Focalizar na busca de resultados;
  • Buscar certificação de qualidade de produtos;
  • Disseminar cultura de prevenção de acidentes;
  • Difundir cultura de preservação ambiental;
  • Fomentar pesquisa e desenvolvimento;
  • Implementar recomendações da cipa e de outros órgãos;
  • Realizar investimento;
  • Tomar decisões;
  • Avaliar exequibilidade de projetos;
  • Minimizar exposição de pessoas a risco;
  • Administrar indicadores de produção;
  • Promover treinamento e desenvolvimento do pessoal;
  • Instituir metodologia de trabalho;
  • Estimular processo de comunicação;
  • Propor melhorias de processos;
  • Garantir autonomia do departamento de qualidade;
  • Trabalhar em equipe;
  • Mitigar passivo ambiental;
  • Verticalizar informações;
  • Gerenciar crises;
  • Administrar conflitos;
  • Elaborar plano de contingência na produção;
  • Disseminar cultura de higiene e saúde;
  • Diagnosticar necessidade de treinamento e desenvolvimento de pessoal;
  • Desenvolver sistemas de monitoração;
  • Analisar viabilidade econômica;
  • Preparar plano de contingência ambiental;
  • Assegurar cumprimento da legislação e de normas ambientais;
  • Definir plano de investimento;
  • Mostrar versatilidade;
  • Participar de avaliações das tendências de mercado;
  • Fazer cumprir normas de qualidade;
  • Controlar cumprimento das normas de higiene e segurança do trabalho;
  • Validar métodos e processos;
  • Aprovar normas e instruções;
  • Trabalhar com ética;
  • Realizar ações preventivas e corretivas;
  • Exigir uso de epi e epc;
  • Minimizar permanência de pessoas em áreas insalubres;
  • Mostrar criatividade;
  • Estabelecer política de gerenciamento de estoques;
  • Controlar ordem, limpeza e organização das áreas de trabalho (housekeeping);
  • Mostrar coerência;
  • Revisar planos de produção;
  • Contribuir na elaboração de descrição de cargos;
  • Qualificar equipamentos e fornecedores;
  • Redirecionar procedimentos;
  • Gerenciar salários, promoções, admissões e demissões;
  • Referendar plano de manutenção;
  • Falar em público;
  • Implantar novas metodologias de trabalho;
  • Realizar controle orçamentário;
  • Registrar atividades de treinamento;
  • Dialogar com órgãos de controle ambiental;
  • Gerenciar custos e prazos logísticos;
  • Delegar responsabilidades;
  • Redigir relatórios;
  • Prospectar tendências tecnológicas;
  • Fazer exposições na mídia;
  • Planejar paradas e intervenções em máquinas, equipamentos e instalações;
  • Demonstrar capacidade de liderança;
  • Expor ideias;
  • Estabelecer política de logística;
  • Manter rastreabilidade documental do produto;
  • Decidir plano de produção (tipo, quantidade, prazos);
  • Demonstrar respeito a chefes e subordinados;
  • Programar produção;
  • Definir metas de produção;
  • Trabalhar com responsabilidade social;
  • Demonstrar visão de futuro;
  • Atuar na definição de linhas de produto;
  • Analisar plano de vendas;

Onde o Diretor de Produção na Mineração pode trabalhar

Diretores de produção e operações em empresa da indústria extrativa, transformação e de serviços de utilidade pública os cargos dessa família CBO podem exercer suas funções em empresas manufatureiras e extrativas, de produção da transformação, extração mineral e utilidades, transporte e distribuição de energia elétrica, gás e serviços de água e esgoto. De modo geral, são contratados na condição de empregados com carteira assinada. Atuam sem supervisão, em ambientes fechados, no período diurno, realizando o trabalho em sistema presencial. Podem desenvolver algumas atividades sob pressão, levando-os à situação de estresse.

Como trabalhar de Diretor de Produção na Mineração

Para o exercício das funções dessa família ocupacional requer-se profissionais com escolaridade de ensino superior completo e com cinco anos de experiência para o pleno desempenho das atividades.

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Diretor de Produção na Mineração é a formação em Engenharia de Produção para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Diretor de Produção na Mineração

O Diretor de Produção na Mineração tem um salário inicial de R$ 2.282,11 podendo chegar a R$ 45.793,51 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 15.000,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 19.384,28 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Diretor de Produção na Mineração).

Qual a jornada de trabalho do Diretor de Produção na Mineração

O Diretor de Produção na Mineração trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.