O que faz um Despachante Aduaneiro

Profissionais exercendo a profissão de Despachante Aduaneiro desembaraçam mercadorias e bagagens, acompanhando conferência física e retirada de amostra de mercadorias, pagando taxas e impostos e apresentando documentos à receita federal e demais órgãos pertinentes. Classificam mercadorias, analisando amostras, verificando funções, uso e material constitutivo de mercadorias e enquadrando mercadorias em sistemas de classificação e tarifação. Operam sistema de comércio exterior registrando informações da operação de importação e exportação de mercadorias e alimentam sistemas complementares, assessoram importadores e exportadores, elaboram documentos de importação e exportação e contratam serviços de terceiros e parceiros.

Algumas das principais funções da profissão

  • Demonstrar capacidade de comunicação oral e escrita;
  • Pagar impostos e taxas;
  • Apresentar documentação à receita federal e demais órgãos pertinentes;
  • Consultar receita federal sobre dúvidas de classificação;
  • Cotar preços de armazenagem;
  • Monitorar processos administrativos;
  • Calcular custos de operação;
  • Analisar amostra de mercadorias;
  • Demonstrar capacidade analítica;
  • Confirmar presença de carga;
  • Preencher guia de sindicato dos despachantes aduaneiros (sda);
  • Verificar material constitutivo de mercadoria;
  • Preencher guia de imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (icms/st);
  • Avaliar exigências da receita federal e demais órgãos pertinentes;
  • Elaborar fatura comercial;
  • Demonstrar capacidade de resolução de problemas;
  • Requisitar isenção ou suspensão do ´adicional de frete para renovação da marinha mercante´;
  • Analisar enquadramento legal das alíquotas de imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (icms);
  • Preencher formulários de órgãos pertinentes;
  • Identificar necessidades de cliente;
  • Negociar preços e prazos;
  • Pleitear benefícios fiscais;
  • Demonstrar capacidade de negociação;
  • Prestar esclarecimentos à receita federal e demais órgãos pertinentes;
  • Preencher documento de arrecadação fiscal (darf);
  • Elaborar fatura proforma;
  • Analisar necessidade de anuência de órgãos pertinentes;
  • Alimentar sistemas auxiliares ao siscomex (li, re, de, di, dta,....);
  • Analisar notas explicativas do sistema harmonizado (nesh);
  • Enquadrar mercadorias na tarifa externa comum (tec);
  • Enquadrar mercadorias na tarifa de imposto sobre produtos industrializados (tipi);
  • Efetuar registro de exportação (re);
  • Solicitar laudos técnicos;
  • Pagar serviços de terceiros;
  • Informar cliente sobre tramitação de processo;
  • Coletar dados de operação;
  • Acompanhar conferência física e retirada de amostra de mercadoria;
  • Preencher certificados de origem;
  • Analisar enquadramento legal das alíquotas de impostos de importação e exportação;
  • Preencher conhecimentos de transporte internacional;
  • Conferir cobrança de terceiros;
  • Trabalhar em equipe;
  • Registrar declaração de despacho de exportação (dde);
  • Demonstrar credibilidade;
  • Enquadrar mercadorias na nomenclatura da associação latino americana de integração (naladi);
  • Orçar seguros;
  • Cotar preços de fretes nacionais;
  • Registrar declaração de trânsito aduaneiro (dta);
  • Cotar preços de fretes internacionais;
  • Analisar cartas de crédito;
  • Registrar declarações retificadoras;
  • Emitir romaneio/espelho de nota fiscal;
  • Elaborar fatura de prestação de serviços;
  • Elaborar lista de embarque;
  • Demonstrar capacidade de atentar para detalhes;
  • Propor alternativas de logística de transportes;
  • Impugnar exigências fiscais e administrativas;
  • Registrar licenças de importação (li);
  • Registrar atos concessórios de draw back;
  • Avaliar benefícios fiscais;
  • Demonstrar capacidade de trabalhar sob pressão;
  • Efetuar registro declaratório eletrônico de operações financeiras (redof);
  • Retirar comprovantes de importação e exportação junto à receita federal;
  • Analisar documentação técnica de mercadorias;
  • Requerer deferimento de licenças de importação;
  • Verificar funções de uso e aplicação de mercadorias;
  • Informar clientes sobre legislação pertinente;
  • Providenciar credenciamento de cliente junto à receita federal;
  • Demonstrar proatividade;
  • Registrar declaração de importação (di);

Onde o Despachante Aduaneiro pode trabalhar

Despachantes aduaneiros trabalham prestando serviços de despacho aduaneiro à empresas voltadas para atividades do comercio exterior, inclusive a órgãos estatais. As ocupações de despachante e ajudante de despachante aduaneiro são regulamentadas, cujo exercício depende de licença para operar junto à receita federal. Trabalham por conta própria e em equipe, atuam como pessoa física, ainda que possam trabalhar em empresas de despacho aduaneiro. O ajudante de despachante aduaneiro trabalha com supervisão permanente do despachante, já os analistas de desembaraço aduaneiro, trabalham com carteira assinada com supervisão ocasional e executam suas atividades internamente em empresas que oferecem serviços de assessoria em comércio exterior. Exercem suas funções em ambiente fechado e em horário diurno. Eventualmente, estão expostos ao estresse e pressão decorrentes de risco financeiro.

Como trabalhar de Despachante Aduaneiro

O exercício dessas ocupações requer ensino médio completo. O pleno desempenho das atividades para o despachante aduaneiro ocorre após 2 anos de experiência como ajudante de despachante aduaneiro e aprovação no exame de qualificação técnica da Receita Federal, para o ajudante de despachante aduaneiro não é exigido experiência, porém necessita do registro da Secretaria da Receita Federal do Brasil e para o analista de desembaraço aduaneiro após um ou dois anos de experiência.

Quanto ganha um Despachante Aduaneiro

O Despachante Aduaneiro tem um salário inicial de R$ 1.447,99 podendo chegar a R$ 5.066,36 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 2.666,30 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 2.827,55 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Despachante Aduaneiro).

Qual a jornada de trabalho do Despachante Aduaneiro

O Despachante Aduaneiro trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: