O que faz um Desenhista Projetista Eletroeletrônico

Profissionais exercendo a profissão de Desenhista Projetista Eletroeletrônico participam da elaboração de anteprojetos elétricos e eletrônicos, desenvolvem projetos de produtos e de instalações, participam de implantações de projetos, acompanham ensaios do produto final, controlam documentações de projetos. Desenvolvem fornecedores, utilizam recursos de informática, garantem a qualidade de produtos e serviços, trabalham segundo normas e procedimentos técnicos, de qualidade e de segurança no trabalho.

Algumas das principais funções da profissão

  • Agir com empatia;
  • Projetar, baseando-se normas de qualidade do produto;
  • Operar equipamentos de combate a incêndio;
  • Pesquisar fornecedores em potencial;
  • Avaliar a relação custo-benefício dos produtos fornecidos para o projeto;
  • Avaliar relatórios de não-conformidades;
  • Adequar projetos em função das necessidades dos clientes;
  • Otimizar custos do projeto;
  • Acompanhar o desenvolvimento do projeto;
  • Socializar o conhecimento;
  • Elaborar catalogo técnico para produto seriado;
  • Acompanhar desenvolvimento e ensaios das amostras;
  • Participar de reuniões de avaliação do projeto;
  • Elaborar folha de dados (datasheet);
  • Coletar dados para elaboração do projeto;
  • Participar da definição dos pontos de controle;
  • Trabalhar em equipe;
  • Arquivar documentos relativos ao projeto;
  • Modificar o projeto, em função de resultados de testes;
  • Projetar placas de circuito impresso;
  • Agir de forma organizada;
  • Relacionar-se profissionalmente com ética;
  • Cumprir o cronograma do projeto;
  • Comunicar-se com eficiência;
  • Analisar especificações técnicas fornecidas pelo cliente;
  • Participar da distribuição de responsabilidades;
  • Atualizar cópias do projeto;
  • Resolver problemas;
  • Estruturar lista de materiais em diversos níveis, de acordo com os componentes do projeto;
  • Participar do desenvolvimento do protótipo;
  • Elaborar desenhos para apreciação do cliente;
  • Elaborar manuais de procedimentos da qualidade do setor de projetos;
  • Identificar condições inseguras;
  • Tomar decisões;
  • Estimar a quantidade de recursos humanos e materiais;
  • Elaborar cálculos e disponibilizá-los;
  • Propor melhorias quanto à segurança individual e coletiva;
  • Participar da elaboração do cronograma de desenvolvimento;
  • Elaborar desenhos para produtos especiais;
  • Colaborar na definição dos métodos de processo de produção;
  • Estabelecer tipos de equipamentos e parâmetros para teste;
  • Elaborar lista de materiais para o projeto;
  • Analisar resultados de testes;
  • Acompanhar fabricação e montagem do produto;
  • Definir recursos humanos envolvidos no projeto;
  • Utilizar recursos de rede (intranet e internet);
  • Elaborar manuais para usuários do produto (manutenção e instalação);
  • Gerar arquivos para manufatura assistida por computador (cam);
  • Atuar como auditor interno da qualidade;
  • Agir com pontualidade;
  • Participar da atribuição de responsabilidades;
  • Proteger-se com equipamentos de proteção individual (epi) , de acordo com a área de risco;
  • Acompanhar auditorias de certificação iso e outras;
  • Projetar, baseando-se em normas de segurança do produto;
  • Introduzir melhorias em produtos especiais, junto aos fornecedores;
  • Projetar diagramas e dispositivos elétricos;
  • Definir prazo de entrega do projeto;
  • Introduzir modificações no projeto, em função de erros detectados e implementação de melhorias;
  • Utilizar editor de textos;
  • Utilizar planilhas eletrônicas;
  • Participar de reuniões para tomadas de decisão;
  • Utilizar softwares dedicados ao projeto (cad) e listagem de materiais;
  • Registrar etapas e revisões ocorridas no projeto;
  • Efetuar estudos de anteprojeto;
  • Elaborar relatórios de ensaios do produto;
  • Especificar equipamentos eletroeletrônicos aplicáveis ao projeto;
  • Melhorar processos por meio do emprego das ferramentas da qualidade;
  • Conferir o projeto, tendo em vista correções e modificações;
  • Tomar iniciativa;
  • Disponibilizar informações relativas às modificações do projeto;
  • Orientar pessoas quanto ao uso de equipamento individual de proteção (epi);
  • Avaliar fornecedores, por meio de visitas técnicas;
  • Selecionar normas técnicas para o projeto;
  • Buscar autodesenvolvimento;
  • Coordenar equipes de trabalho na elaboração do projeto;
  • Participar da análise do projeto;
  • Definir pontos críticos do projeto;

Onde o Desenhista Projetista Eletroeletrônico pode trabalhar

Desenhistas projetistas da eletrônica trabalham principalmente em departamento de projetos em empresas de fabricação de máquinas e equipamentos, de máquinas e aparelhos e materiais elétricos, de material eletrônico e de aparelhos e equipamentos de comunicações, de equipamentos e instrumentação médico-hospitalar e instrumentos de precisão. Podem ainda trabalhar em institutos de pesquisa e universidades. Podem trabalhar como estatutários ou celetista, com carteira assinada.

Como trabalhar de Desenhista Projetista Eletroeletrônico

Para o exercício dessas ocupações requer-se curso técnico de nível médio na área de eletroeletrônica. O desempenho pleno das funções ocorre após o período de três a quatro anos de experiência profissional.

Quanto ganha um Desenhista Projetista Eletroeletrônico

O Desenhista Projetista Eletroeletrônico tem um salário inicial de R$ 1.537,06 podendo chegar a R$ 4.167,30 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 2.383,57 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 2.445,21 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Desenhista Projetista Eletroeletrônico).

Qual a jornada de trabalho do Desenhista Projetista Eletroeletrônico

O Desenhista Projetista Eletroeletrônico trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: