O que faz um Dentista de Cuidados Especiais

Profissionais exercendo a profissão de Dentista de Cuidados Especiais os cirurgiões dentistas atendem e orientam pacientes e executam procedimentos odontológicos, aplicam medidas de promoção e prevenção de saúde, ações de saúde coletiva, estabelecendo diagnóstico e prognóstico, interagindo com profissionais de outras áreas. Podem desenvolver pesquisas na área odontológica. Desenvolvem atividades profissionais junto a crianças, adultos e idosos, com ou sem necessidades especiais, em diferentes níveis de complexidade. Podem atuar em consultórios particulares, instituições públicas ou privadas, ong´s. Exercem atividade de ensino e pesquisa.

Algumas das principais funções da profissão

  • Demonstrar capacidade de efetuar atendimento humanizado;
  • Demonstrar organização;
  • Demonstrar receptividade;
  • Demonstrar capacidade de contornar situações adversas;
  • Demostrar empatia;
  • Demonstrar sensibilidade;
  • Publicar artigos científicos;
  • Demostrar paciência;
  • Demonstrar habilidade manual;
  • Demonstrar segurança;
  • Demostrar capacidade motora fina;
  • Demonstrar capacidade de saber ouvir;
  • Demonstrar capacidade de inovação;
  • Demonstrar criatividade;
  • Demonstrar senso estético;
  • Demostrar percepção visual;
  • Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe;

Onde o Dentista de Cuidados Especiais pode trabalhar

Cirurgiões-dentistas atuam nas áreas de odontologia legal e saúde coletiva, dentística, prótese e prótese maxilofacial, odontopediatria e ortodontia, radiologia, patologia, estomatologia, periodontia, traumatologia bucomaxilofacial e implantologia. Trabalham por conta própria ou como assalariados em clínicas particulares, cooperativas e empresas de atendimento odontológico e na administração pública. Exercem suas atividades individualmente e em equipe. Podem permanecer em posições desconfortáveis por longos períodos, estar expostos a radiações, materiais tóxicos, ruído intenso contaminações e aos riscos de lesões por esforços repetitivos e de distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (ler-dort).

Como trabalhar de Dentista de Cuidados Especiais

As ocupações requerem, para seu exercício, formação em odontologia e registro no cro e atualização constante.

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Dentista de Cuidados Especiais é a formação em Odontologia para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Dentista de Cuidados Especiais

O Dentista de Cuidados Especiais tem um salário inicial de R$ 2.082,33 podendo chegar a R$ 5.758,33 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 3.319,78 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 3.437,75 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Dentista de Cuidados Especiais).

Qual a jornada de trabalho do Dentista de Cuidados Especiais

O Dentista de Cuidados Especiais trabalha em média 35 horas por semana (175 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: