O que faz um Criador de Ovelhas - Empregador

Profissionais exercendo a profissão de Criador de Ovelhas - Empregador manejam a criação extensiva e confinada de suínos, caprinos e ovinos, gerenciam o empreendimento e comercializam a produção, controlam a produção e a qualidade de animais e produtos derivados, qualificam a mão-de-obra, projetam e implantam criatórios, beneficiam produtos derivados. Preservam meio ambiente e defendem políticas da atividade.

Algumas das principais funções da profissão

  • Contratar mão-de-obra;
  • Aplicar medicamentos preventivos e curativos;
  • Acompanhar partos;
  • Firmar acertos e contratos de compra e venda;
  • Analisar condições edafoclimáticas;
  • Cuidar de reprodutores e matrizes;
  • Instalar estrutura de beneficiamento;
  • Promover ações educativas;
  • Controlar superpastoreio;
  • Falar com objetividade;
  • Estocar em reserva estratégica alimentos e insumos para abastecer o criatório;
  • Identificar animais;
  • Controlar índices de fertilidade e mortalidade do rebanho;
  • Arborizar propriedade;
  • Cuidar de recém nascidos;
  • Incentivar trabalhador por produtividade;
  • Demonstrar senso de organização;
  • Organizar produção;
  • Alocar recursos financeiros;
  • Analisar índices de produção e desempenho;
  • Prover equipamentos de segurança para trabalhadores;
  • Criar marca;
  • Construir instalações;
  • Providenciar aspectos legais do criatório;
  • Industrializar derivados;
  • Distribuir produtos;
  • Controlar roedores e insetos;
  • Filiar-se a entidades de classe;
  • Gerenciar pessoal;
  • Articular mecanismos de defesa e desenvolvimento da atividade;
  • Pesar animais;
  • Verificar impactos e interação com a comunidade;
  • Controlar descarte de embalagens de produtos químicos;
  • Redigir documentos;
  • Detectar preferências do consumidor;
  • Preservar matas ciliares;
  • Monitorar situação econômico financeiro do empreendimento;
  • Cadastrar clientes;
  • Fornecer noções básicas da atividade ao trabalhador;
  • Analisar vocação potencial da criação;
  • Controlar desperdício de água;
  • Programar receitas;
  • Separar animais por lotes;
  • Expressar-se com clareza;
  • Estudar viabilidade de inserção no mercado;
  • Participar de atividades associativas;
  • Analisar viabilidade econômica do negócio;
  • Adaptar linguagem para trabalhador;
  • Castrar animais;
  • Programar coberturas de animais;
  • Manter-se informado;
  • Avaliar satisfação do cliente;
  • Definir sistema de criação;
  • Proceder seleção zootécnica;
  • Provisionar recursos financeiros para projeto;
  • Controlar fluxo de produção;
  • Demonstrar criatividade;
  • Buscar subsídios técnicos;
  • Adquirir insumos;
  • Delegar funções;
  • Estabelecer metas de produção;
  • Analisar potencial da propriedade;
  • Higienizar animais;
  • Aplicar vacinas;
  • Verificar abastecimento de água potável;
  • Controlar estoques (insumos e produtos);
  • Negociar preços e condições de pagamento;
  • Adequar aproveitamento dos dejetos;
  • Identificar preços vigentes no mercado;
  • Pesar produção;
  • Adquirir animais qualificados;
  • Fornecer material didático;
  • Cercar propriedade;
  • Pesquisar alternativas de mercado para produção;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Treinar trabalhador;
  • Demonstrar afinidade com a atividade;
  • Higienizar e desinfetar instalações;
  • Adquirir máquinas e equipamentos;
  • Providenciar coberturas de animais;
  • Definir preço de acordo com tipo de produto;
  • Preservar nascentes;
  • Demonstrar paciência;
  • Confirmar prenhez;
  • Definir tipo de embalagem;
  • Armazenar produtos;
  • Definir tipo de criação e raça;
  • Demonstrar persistência;
  • Monitorar cumprimento de metas estabelecidas;
  • Adotar barreiras sanitárias;
  • Controlar saturamento do solo;
  • Identificar necessidade de treinamento;
  • Preparar animais para exposição;
  • Proceder registro genealógico de animais;
  • Preservar vegetação nativa;
  • Legalizar sistema de transformação;
  • Definir tamanho do criatório;
  • Conservar solo;
  • Pesquisar cotações de mercado para insumos;
  • Identificar alternativas para mudança de enfoque do negócio;
  • Produzir alimentos para criação;
  • Contratar assessoria técnica;
  • Avaliar desempenho de pessoal;
  • Registrar controle zootécnico;
  • Controlar endo e ecto-parasitos (sarna, piolho, verme);
  • Embalar produto;
  • Informatizar rotinas de controle e procedimentos;
  • Desenvolver instrumentos de controle de qualidade do empreendimento;
  • Abastecer a propriedade com insumos;
  • Alimentar animais de acordo com categorias distintas e faixa etária;
  • Expressar liderança;
  • Divulgar produtos;
  • Controlar uso de produtos químicos;
  • Controlar águas poluídas;
  • Analisar aspectos socioeconômicos e culturais da região;
  • Agir com sensibilidade;
  • Divulgar atividade;
  • Desmamar animais;
  • Encaminhar amostras para análise;
  • Registrar dados e informações da produção;
  • Elaborar planilha de custos;
  • Mobilizar lideranças políticas em prol da atividade;
  • Solicitar cursos de aperfeiçoamento;
  • Transportar produtos;
  • Padronizar produto;
  • Controlar depredação de fauna e flora;

Onde o Criador de Ovelhas - Empregador pode trabalhar

Produtores em pecuária de animais de médio porte são proprietários ou arrendatários de granjas de criação de cabras, ovelhas e porcos, que se organizam em equipe familiar, auxiliados ou não por outros trabalhadores.

Como trabalhar de Criador de Ovelhas - Empregador

O nível de escolaridade do pescador profissional é até a quarta série do ensino fundamental. O pescador industrial deverá ter o ensino fundamental concluído. Para o pleno exercício de suas atividades, o pescador profissional necessita de curso básico de até duzentas horas, ao passo que o pescador industrial necessita de duzentas a quatrocentas horas-aula. A experiência requerida para as ocupações varia de um a dois anos.

Quanto ganha um Criador de Ovelhas - Empregador

O Criador de Ovelhas - Empregador tem um salário inicial de R$ 1.143,75 podendo chegar a R$ 1.735,42 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.260,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.266,93 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Criador de Ovelhas - Empregador).

Qual a jornada de trabalho do Criador de Ovelhas - Empregador

O Criador de Ovelhas - Empregador trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.