O que faz um Cortador de Piaçava

Profissionais exercendo a profissão de Cortador de Piaçava extraem e beneficiam fibras, ceras e óleos. Colhem frutos de palmeiras e árvores. Manejam extração e beneficiamento de fibras, ceras e óleos. Plantam árvores de pequi e espécies produtoras de fibras. Armazenam e comercializam matéria-prima e produtos.

Algumas das principais funções da profissão

  • Acondicionar produtos embalados em veículos;
  • Subir em árvores e palmeiras;
  • Arrendar área de extração;
  • Orientar equipe de trabalho;
  • Balizar solo;
  • Transportar matéria-prima e produtos;
  • Calcular capacidade produtiva da área de extração;
  • Amarrar piaçava e fibra de coco-da-praia e palhas de ouricuri e carnaúba em feixes;
  • Confeccionar ganchos de madeira;
  • Acondicionar feixes fibras em veículos;
  • Selecionar árvores e palmeiras para produção de mudas;
  • Aceirar área de extração;
  • Adaptar-se a ambientes silvestres;
  • Cortar palhas de carnaúba, piaçava e ouricuri;
  • Macerar bacaba, casca de coco-da-praia, fruto de piaçava e amêndoa de ouricuri;
  • Limpar instalações;
  • Apagar incêndios;
  • Pentear fibra de piaçava;
  • Selecionar equipe de trabalho;
  • Suportar trabalhos em alturas elevadas;
  • Capinar área de secagem;
  • Desbastar palmeiras;
  • Pesquisar mercado consumidor de fibras, ceras e óleos;
  • Pesquisar mercado fornecedor de fibras, ceras e óleos;
  • Apresentar força física para subir em árvores;
  • Demonstrar concentração em manuseio de equipamentos cortantes e máquinas;
  • Abrir caminho para área de extração;
  • Armazenar feixes de fibras em galpão;
  • Talhar palmeiras de piaçava;
  • Providenciar manutenção de equipamentos e veículos;
  • Pesar matéria-prima e produtos;
  • Laminar cascas de pequi e coco de piaçava;
  • Apresentar resistência física;
  • Vender matéria-prima;
  • Abrir covas;
  • Negociar arrendamento de área de extração;
  • Registrar produção;
  • Plantar frutos de pequi e coco-da-praia e piaçava;
  • Limpar piaçava e fibra de coco-da-praia;
  • Vender produtos;

Onde o Cortador de Piaçava pode trabalhar

Extrativistas florestais de espécies produtoras de fibras, ceras e óleos trabalham predominantemente em silvicultura, exploração florestal, agricultura, pecuária e serviços relacionados a essas atividades. O trabalho é desenvolvido em equipe, com supervisão ocasional, a céu aberto, no período diurno. No exercício das atividades, os trabalhadores estão sujeitos a ruídos intensos, altas temperaturas e posição desconfortável por longos períodos. Os trabalhadores da exploração de andiroba, piaçava e coco-da-praia desenvolvem suas atividades em alturas elevadas expondo-os a riscos.

Como trabalhar de Cortador de Piaçava

O acesso ao trabalho é livre, sem exigência de escolaridade ou formação profissional.

Quanto ganha um Cortador de Piaçava

O Cortador de Piaçava tem um salário inicial de R$ 1.324,11 podendo chegar a R$ 1.420,00 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.420,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.266,85 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Cortador de Piaçava).

Qual a jornada de trabalho do Cortador de Piaçava

O Cortador de Piaçava trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.