O que faz um Chefe de Orçamento

Profissionais exercendo a profissão de Chefe de Orçamento supervisionam e controlam serviços financeiros diversos, benspatrimoniais e logísticos, elaboram orçamentos, efetuam pagamentos,realizam cobrança, controlam bens patrimoniais, fecham câmbio, analisam crédito, coordenam caixas, administram processos logísticos e gerenciam almoxarifado/estoque. Supervisionam equipes de trabalho, orientando e avaliando desempenho em busca da melhor qualidade no trabalho.

Algumas das principais funções da profissão

  • Promover a capacitação da equipe;
  • Avaliar desempenho dos colaboradores;
  • Demonstrar capacidade analítica;
  • Motivar equipe;
  • Reavaliar projeções;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Coletar índices econômicos;
  • Distribuir tarefas;
  • Comparar valores estimados com realizados;
  • Participar na elaboração de normas e manuais de procedimentos;
  • Atender auditorias (interna e externa);
  • Identificar necessidade de novos equipamentos;
  • Demonstrar objetividade;
  • Elaborar demonstrativos financeiros e econômicos;
  • Projetar gastos por áreas;
  • Levantar preços de mercado;
  • Orientar colaboradores quanto a utilização e manutenção de equipamentos;
  • Trabalhar em equipe;
  • Demonstrar liderança;
  • Identificar necessidade de contratação de colaboradores;
  • Analisar necessidades das áreas;
  • Demonstrar capacidade de visão holística;
  • Analisar objetivos e metas definidas pela empresa;
  • Estimar custo de pessoal;
  • Decidir sobre admissão ou desligamento de colaboradores;
  • Orientar execução dos trabalhos;
  • Demonstrar flexibilidade;
  • Conciliar valores;
  • Estabelecer prioridades de trabalho;
  • Projetar receitas;
  • Controlar execução orçamentária;
  • Consolidar informações das áreas;
  • Demonstrar agilidade;
  • Planejar trabalho da equipe;
  • Inventariar bens;
  • Demonstrar capacidade de tomar decisões;
  • Gerar documentos para contabilidade;
  • Coletar dados financeiros e econômicos da empresa;
  • Administrar conflitos;
  • Planejar escala de férias;
  • Demonstrar capacidade de negociação;

Onde o Chefe de Orçamento pode trabalhar

Supervisores de serviços financeiros, de câmbio e de controle os cargos dessa família CBO trabalham em vários ramos de atividades, tais como, indústrias diversas, operadoras logísticas e atividades empresariais. Normalmente, são empregados com carteira assinada com supervisão ocasional, estando diretamente subordinados aos gerentes e possuem subordinados. No caso dos supervisores de câmbio, existe a possibilidade de trabalharem por conta própria. Executam seus trabalhos em horário diurno e em ambientes fechados.

Como trabalhar de Chefe de Orçamento

Para o exercício dessas ocupações requer-se curso superior completo. O exercício pleno das atividades demanda, em média, de três a quatro anos de experiência na área e para algumas ocupações, curso básico de qualificação profissional de até 200 horas-aula.

Quanto ganha um Chefe de Orçamento

O Chefe de Orçamento tem um salário inicial de R$ 1.537,08 podendo chegar a R$ 6.818,27 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 2.500,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 3.291,58 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Chefe de Orçamento).

Qual a jornada de trabalho do Chefe de Orçamento

O Chefe de Orçamento trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.