O que faz um Assistente de Controladoria

Profissionais exercendo a profissão de Assistente de Controladoria legalizam empresas, elaborando contrato social/estatuto e notificando encerramento junto aos órgãos competentes, administram os tributos da empresa, registram atos e fatos contábeis, controlam o ativo permanente, gerenciam custos, administram o departamento pessoal, preparam obrigações acessórias, tais como: declarações acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes e administra o registro dos livros nos órgãos apropriados, elaboram demonstrações contábeis, prestam consultoria e informações gerenciais, realizam auditoria interna e externa, atendem solicitações de órgãos fiscalizadores e realizam perícia.

Algumas das principais funções da profissão

  • Classificar o bem na contabilidade e no sistema patrimonial;
  • Ministrar palestras, seminários e treinamentos;
  • Assessorar a gestão empresarial;
  • Definir procedimentos internos;
  • Estruturar centros de custo;
  • Providenciar defesa;
  • Definir procedimentos contábeis;
  • Enviar boletins informativos;
  • Atender a auditoria externa;
  • Intermediar acordos com os sindicatos;
  • Apurar os impostos devidos;
  • Zelar pelas informações;
  • Acompanhar os trabalhos de fiscalização;
  • Escriturar ficha de crédito de impostos na aquisição de ativo fixo;
  • Preencher o livro de apuração do lucro real;
  • Manter-se atencioso;
  • Atualizar procedimentos internos;
  • Controlar impostos retidos dos empregados autônomos e empregadores;
  • Apurar custos;
  • Raciocinar logicamente;
  • Classificar os documentos;
  • Confrontar as informações contábeis com custos;
  • Analisar os custos apurados;
  • Administrar o registro dos livros nos órgãos apropriados;
  • Identificar as necessidades de informações da empresa;
  • Divulgar e consultar manuais;
  • Solicitar aos órgãos regime especial de procedimentos fiscais, municipais, estaduais e federais;
  • Compensar tributos;
  • Definir a taxa de amortização, depreciação e exaustão;
  • Gerar diário/razão;
  • Preparar a declaração de imposto de renda pessoa física e jurídica;
  • Demonstrar flexibilidade;
  • Preparar as notas explicativas das demonstrações contábeis;
  • Agir de forma educada;
  • Manter-se atualizado perante a legislação;
  • Disponibilizar informações cadastrais aos bancos e fornecedores;
  • Elaborar contrato social/estatuto;
  • Demonstrar conhecimento de outras línguas;
  • Utilizar fax, telefone, internet e intranet;
  • Estruturar plano de contas conforme a atividade da empresa;
  • Registrar a movimentação dos ativos;
  • Analisar os relatórios;
  • Comparecer às audiências trabalhistas;
  • Calcular índices econômicos e financeiros;
  • Elaborar folhas de pagamento de empregados, autônomos e pró-labore, férias, rescisão contratual;
  • Agir eticamente;
  • Trabalhar em equipe;
  • Agir com discrição;
  • Emitir balancetes;
  • Fazer manutenção do plano de contas;
  • Participar de congressos, convenções e workshop;
  • Realizar o controle físico com o contábil;
  • Administrar fluxo de documentos;
  • Parametrizar aplicativos contábeis/fiscais e de suporte;
  • Levantar informações para recuperação de impostos;
  • Preparar documentação e relatórios auxiliares;
  • Disponibilizar documentos com controle;
  • Gerar os dados para preenchimento das guias;
  • Montar balanços e demais demonstrativos contábeis;
  • Preparar declarações acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes;
  • Escriturar livros fiscais;
  • Notificar encerramento junto aos órgãos competentes;
  • Apontar as possibilidades de uso dos incentivos fiscais;
  • Justificar os procedimentos adotados;
  • Elaborar orçamento;
  • Guardar sigilo;
  • Enquadrar a empresa em um sistema de tributação;
  • Consolidar demonstrações contábeis;
  • Demonstrar conhecimentos básicos de informática;
  • Conciliar saldo de contas;
  • Preparar obrigações trabalhistas;
  • Definir sistema de custo e rateios;
  • Manter-se atualizado;
  • Demonstrar objetividade;
  • Agir com dinamismo;
  • Falar corretamente;
  • Calcular os encargos sociais sobre a folha de pagamento, pró-labore, autônomos;
  • Enviar mensagens via correio eletrônico;
  • Preparar documentação p/certidões negativas;
  • Elaborar folder;
  • Prestar informações sobre balanços;
  • Analisar balancete contábil;
  • Administrar o prontuário dos funcionários;
  • Identificar possibilidade de redução de impostos;
  • Participar de entidades de classe;
  • Orientar as áreas da empresa sobre custos;
  • Manter-se informado;
  • Escriturar livros contábeis;
  • Fazer relatórios gerenciais econômicos e financeiros;
  • Acompanhar a execução do orçamento;
  • Preencher formulários específicos inerentes a atividade da empresa;

Onde o Assistente de Controladoria pode trabalhar

Contadores trabalham em escritórios de contabilidade e departamentos de contabilidade de empresas agrícolas, industriais, comerciais e dos serviços, incluindo bancos. São empregados com carteira assinada, exceto o Perito contábil que trabalha por conta própria e sem supervisão. Costumam se organizar de forma induvidual, trabalhando sob supervisão. Trabalham em ambiente fechado e em horário diurno. Os peritos contábeis podem trabalhar à distância. Eventualmente, trabalham sob pressão, podendo levar a situação de estresse.

Como trabalhar de Assistente de Controladoria

O exercício dessas ocupações requer curso superior em Ciências contábeis. O desempenho pleno das atividades ocorre após quatro anos (contador) e mais de cinco anos (auditor geral e perito contábil).

Qual a formação mais comum para a profissão

A formação universitária mais comum para um Assistente de Controladoria é a formação em Ciências Contábeis para entrar e atuar no mercado de trabalho atual.

Quanto ganha um Assistente de Controladoria

O Assistente de Controladoria tem um salário inicial de R$ 1.951,32 podendo chegar a R$ 7.536,57 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 3.120,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 3.860,40 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Assistente de Controladoria).

Qual a jornada de trabalho do Assistente de Controladoria

O Assistente de Controladoria trabalha em média 43 horas por semana (215 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: