O que faz um Arrendatário na Agropecuária

Profissionais exercendo a profissão de Arrendatário na Agropecuária plantam culturas e criam animais. Montam infra-estrutura e administram propriedade agropecuária. Gerenciam recursos humanos. Beneficiam e comercializam produtos de origem vegetal e animal.

Algumas das principais funções da profissão

  • Demonstrar espírito associativo;
  • Transportar mão-de-obra;
  • Capinar área plantada;
  • Fermentar matéria-prima;
  • Dividir propriedade agropecuária em áreas de produção e preservação;
  • Formar plantel;
  • Pesquisar mercado;
  • Cozer matéria-prima;
  • Providenciar projeto técnico;
  • Moer matéria-prima;
  • Armazenar produtos;
  • Demonstrar visão humanitária;
  • Plantar sementes;
  • Aplicar defensivos agrícolas;
  • Registrar receitas e despesas;
  • Misturar ingredientes de ração;
  • Selecionar sementes, mudas, brotos etc.;
  • Colocar animais para monta;
  • Propiciar atividades recreativas;
  • Selecionar animais;
  • Lavar matéria-prima;
  • Adubar solo;
  • Providenciar infraestrutura de comunicação na propriedade;
  • Negociar logística de transporte;
  • Alimentar animais;
  • Contratar serviços terceirizados;
  • Cotar preços;
  • Divulgar produtos;
  • Colher produção;
  • Participar de feiras e leilões;
  • Defumar produto final;
  • Rotular produtos;
  • Torrar matéria-prima;
  • Monitorar plantel;
  • Definir tipo de atividade agropecuária;
  • Identificar animais;
  • Fornecer ferramentas e epi;
  • Captar recursos financeiros;
  • Vacinar animais;
  • Medicar animais;
  • Retirar matéria-prima;
  • Demonstrar capacidade de negociação;
  • Analisar resultados da atividade;
  • Demonstrar visão empreendedora;
  • Providenciar abastecimento de energia;
  • Adquirir máquinas e implementos;
  • Construir curvas de nível e terraços;
  • Providenciar manutenção de acesso e circulação na propriedade;
  • Providenciar construção de benfeitorias e instalações agropecuárias;
  • Planejar plantio e tratos culturais;
  • Demonstrar espírito de liderança;
  • Inspecionar produção agropecuária;
  • Monitorar plantas invasoras, pragas e doenças;
  • Selecionar reprodutores e matrizes;
  • Despolpar frutos;
  • Registrar índices de produtividade;
  • Irrigar plantação;
  • Negociar compra e venda;
  • Providenciar manutenção de máquinas, equipamentos e instalações;
  • Centrifugar matéria-prima;
  • Colher amostra de solo;
  • Providenciar sistemas de abastecimento de água;
  • Secar matéria-prima;
  • Pesquisar novas tecnologias;
  • Selecionar mão-de-obra;
  • Transplantar mudas;
  • Resfriar produto final;
  • Regular máquinas e equipamentos;
  • Inseminar animais;
  • Planejar manejo de animais;
  • Comprar insumos;
  • Higienizar instalações;
  • Efetuar pagamentos;
  • Controlar estoques;
  • Coordenar equipe de trabalho;
  • Higienizar animais;
  • Transportar matéria-prima;
  • Preparar solo para plantio;
  • Cadastrar compradores;
  • Demonstrar sensibilidade com meio ambiente;
  • Corrigir solo;
  • Solicitar assistência técnica;
  • Treinar mão-de-obra;
  • Demonstrar persistência;
  • Contratar e demitir mão-de-obra;
  • Firmar parcerias;
  • Apurar produto final;
  • Embalar produtos;

Onde o Arrendatário na Agropecuária pode trabalhar

Produtores agropecuários em geral trabalham por conta própria na agricultura e pecuária. O trabalho é realizado em equipe, formada com trabalhadores, parcerias ou consórcios. Trabalham sem supervisão, a céu aberto e durante o dia. Em suas atividades, ficam expostos à variação climática e à situação de estresse, pois trabalham, muitas vezes, sob pressão.

Como trabalhar de Arrendatário na Agropecuária

O exercício dessa ocupação requer escolaridade de quarta a sétima série do ensino fundamental. O pleno desempenho das atividades ocorre após um a dois anos de prática.

Quanto ganha um Arrendatário na Agropecuária

O Arrendatário na Agropecuária tem um salário inicial de R$ 1.100,00 podendo chegar a R$ 1.586,05 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.210,00 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.178,98 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Arrendatário na Agropecuária).

Qual a jornada de trabalho do Arrendatário na Agropecuária

O Arrendatário na Agropecuária trabalha em média 44 horas por semana (220 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.

Categoria Profissional: