O que faz um Agente de Microcrédito

Profissionais exercendo a profissão de Agente de Microcrédito executam serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística, atendem fornecedores e clientes, fornecendo e recebendo informações sobre produtos e serviços, tratam de documentos variados, cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos. Atuam na concessão de microcrédito a microempresários, atendendo clientes em campo e nas agências, prospectando clientes nas comunidades.

Algumas das principais funções da profissão

  • Verificar índices econômicos e financeiros;
  • Coletar dados;
  • Visitar comunidade (comércio, serviços, residências);
  • Demonstrar capacidade de observação;
  • Digitar textos e planilhas;
  • Submeter pareceres;
  • Verificar prazos estabelecidos;
  • Registrar reclamações dos clientes;
  • Cobrar parcelas vencidas;
  • Redigir atas;
  • Realizar cobrança preventiva;
  • Coletar referências pessoais;
  • Demonstrar facilidade de comunicação;
  • Visitar órgãos e instituições;
  • Demonstrar criatividade;
  • Participar do comitê de crédito;
  • Elaborar correspondência;
  • Transmitir credibilidade;
  • Analisar viabilidade econômico-financeira do empreendimento;
  • Ministrar palestras informativas;
  • Divulgar programa de microcrédito;
  • Verificar documentos;
  • Demonstrar capacidade de organização;
  • Atualizar cadastros;
  • Realizar reuniões com clientes (proposta, concessão, cobrança);
  • Elaborar listas de clientes potenciais;
  • Capacitar pessoal;
  • Renegociar dívida;
  • Programar eventos;
  • Demonstrar flexibilidade;
  • Demonstrar iniciativa;
  • Verificar destinação do crédito;
  • Solicitar documentos;
  • Conferir dados e datas;
  • Preencher formulários e/ou cadastros;
  • Demonstrar autocontrole;
  • Demonstrar capacidade de empatia;
  • Apurar veracidade das informações colhidas em campo;
  • Elaborar planilhas de cálculos;
  • Fazer levantamento socioeconômico do cliente;
  • Identificar perfil dos clientes e/ou fornecedores;
  • Demonstrar capacidade de adaptação de linguagem;
  • Esclarecer dúvidas;
  • Identificar irregularidades nos documentos;
  • Organizar eventos;
  • Orientar procedimentos de gestão;
  • Contatar clientes em potencial (telemarketing);
  • Realizar pesquisa cadastral;
  • Demonstrar capacidade de negociação;
  • Identificar parceiros na comunidade;
  • Capacitar clientes;
  • Conferir notas fiscais, faturas de pagamentos e boletos;
  • Expedir ofícios e memorandos;
  • Registrar a entrada e saída de documentos;
  • Arquivar documentos;
  • Receber clientes e/ou fornecedores;
  • Demonstrar persistência;
  • Propor renovação de crédito;
  • Solicitar negativação do cpf (spc, serasa, etc.);
  • Identificar natureza das solicitações dos clientes;
  • Efetuar cálculos;
  • Fornecer informações sobre produtos e serviços;
  • Mapear área de atuação;
  • Definir condições de crédito (valor, prazo, garantia);
  • Contornar situações adversas;
  • Trabalhar em equipe;
  • Emitir notificações;
  • Estabelecer roteiro de visitas;
  • Conferir bens dados em garantia;
  • Atualizar dados de planejamento;

Onde o Agente de Microcrédito pode trabalhar

Agentes, assistentes e auxiliares administrativos trabalham nos mais variados ramos de atividades públicas ou privadas. São empregados com carteira e se organizam em equipe, tendo supervisão ocasional. O ambiente de trabalho é fechado e o horário é diurno. A categoria de auxiliares foi extinta nos orgãos públicos e suas funções são realizadas pelos assistentes administrativos. Já no caso da área privada, a categoria de auxiliares e ajudantes parece estar em processo de extinção e suas funções sendo incorporadas pelos assistentes ou pelos estagiários. Os agentes de microcrédito atuam junto às comunidades, em ambientes abertos.

Como trabalhar de Agente de Microcrédito

Para o acesso às ocupações dessa família ocupacional requer-se o ensino médio completo, um a dois anos de experiência profissional e para algumas das ocupações, curso básico de qualificação.

Quanto ganha um Agente de Microcrédito

O Agente de Microcrédito tem um salário inicial de R$ 1.149,11 podendo chegar a R$ 1.745,09 dependendo da empresa e do tempo de experiência do profissional na área, sendo que R$ 1.242,64 é a média salarial da profissão em todo Brasil.

O piso salarial médio do cargo fica em torno de R$ 1.265,84 de acordo com instrumentos coletivos registrados por sindicatos da categoria na plataforma Mediador - Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho da Subsecretaria de Relações do Trabalho - SRT (acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios que citam Agente de Microcrédito).

Qual a jornada de trabalho do Agente de Microcrédito

O Agente de Microcrédito trabalha em média 41 horas por semana (205 por mês) no mercado de trabalho do Brasil.